Óxidos de nitrogênio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O termo óxidos de nitrogênio geralmente refere-se a vários compostos químicos gasosos, formados pela combinação do oxigênio com o nitrogênio. O processo mais habitual destes compostos inorgânicos é a combustão em altas temperaturas, processo no qual o ar é habitualmente o comburente. Os óxidos de nitrogênio, conhecidos como importantes poluentes da atmosfera, são emitidos na atmosfera pelos motores de combustão interna, fornos, caldeiras, estufas, incineradores, pelas indústrias químicas (na fabricação de ácido nítrico, de ácido sulfúrico, de corantes, vernizes, nitrocelulose, etc.), na indústria de explosivos e, também, pelos silos de cereais (os cereais contêm nitratos e nitritos que se decompõe liberando-o).

São 7 os óxidos de nitrogênio:[1]

  1. N2O (Óxido nitroso);
  2. NO (Óxido nítrico);
  3. N2O2 (Hiponitrito);
  4. N2O3 (Trióxido de dinitrogênio);
  5. NO2 (Dióxido de azoto);
  6. N2O4 (Tetróxido de dinitrogênio);
  7. N2O5 (Pentóxido de dinitrogênio).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.