...(Puntos suspensivos)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde setembro de 2015)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde setembro de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

...(Pontos suspensivos) é um filme filmado em cores de Argentina dirigida por Edgardo Cozarinsky segundo seu próprio guião produzida em 1970 mas não estreada comercialmente. Teve como protagonistas a Jorge Álvarez, Marcia Moretto, Roberto Villanueva e Marilú Marini e o título alternativo de Dot... Dot... Dot... . O filme inclui um fragmento de Nosferatu, filme mudo dirigido por F. W. Murnau em 1922.

Foi exibida no Festival Internacional de Cinema de Cannes de 1971. Foi seleccionada como candidata ao melhor filme no Festival do Museu de Arte Moderna de Nova York e no Festival de Festivais de Londres de 1971.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Um cura de extrema direita descobre através de três encontros finques (com o exército, com uma família burguesa e com um sacerdote terceiromundista) que por sua ideologia ficou fora de época.

Restauração[editar | editar código-fonte]

O negativo original foi resgatado pela Fundação Cinemateca Argentina e Cozarinsky levou-o a França. Em 2011 o negativo foi importado temporariamente a Buenos Aires para a obtenção de uma cópia nova em 35mm, que foi dosificada por Alberto Acevedo e Walter Rios, com supervisão de Cozarinsky. Este processo foi realizado Fernando M. Peña, com a colaboração de Museu de Arte Latinoamericana de Buenos Aires - Fundação Costantini e Cinecolor.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Un diccionario de films argentinos (1930-1995) pág. 485. [S.l.]: Buenos Aires, Editorial Corregidor, 2001. ISBN 950-05-0896-6

Ligações externas[editar | editar código-fonte]