1.º Exército de Cavalaria Bolchevique

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
1.º Exército de Cavalaria Bolchevique
Armata a cavallo.jpg
A cavalaria durante Guerra Civil Russa, ao centro, da direita para esquerda, Vorochilov, Ordjonikidze e Budionny
País União Soviética
Corporação Exército
Missão cavalaria
Denominação "A cavalaria de Budionny", "Konarmia"
Criação 1918
Extinção 1924
História
Guerras/batalhas Guerra Civil Russa:

Guerra Polaco-Soviética:

Logística
Efetivo até 17500
Comando
Comandantes
notáveis
Semion Budionny
Kliment Vorochilov
Semyon Timoshenko
Gueorgui Jukov
Uma visão poética do Iº Exército. Quadro de Mitrophan Grekov, 1934

O 1.º Exército de Cavalaria Bolchevique (em russo: Первая конная армия) também conhecida como A cavalaria de Budionny ou Konarmia. foi uma das mais destacadas formações militares do Exército Vermelho durante a Guerra Civil Russa e na Guerra Polaco-Soviética. Sua história está intimamente ligada à figura de seu comandante, Semion Mikhailovich Budionny.[1]

Formação[editar | editar código-fonte]

Em 1918, quando do início da Guerra Civil, Budionny, veterano de baixa patente do antigo exército imperial russo, recrutou cossacos na região do Rio Don para defender a revolução bolchevique. Esta força rapidamente cresceu em números e acabou recebendo a denominação de Iº Exército de Cavalaria, formando um força de guerrilha até se tornar em uma força regular, sob o comando militar de Budionny e a assessoria política de Kliment Voroshilov. Em agosto de 1920, às vésperas da batalha de Komarow, a cavalaria estava com um contingente de 11.597 cavaleiros, 1.418 infantes, 387 metralhadoras e 72 canhões de campanha.[2]

Referências

  1. Johann Jarymowycz, Roman (2008). Cavalry from Hoof to Track (em inglês). [S.l.]: Greenwood Publishing Group. p. 154. 276 páginas. ISBN 9780275987268. Consultado em 22 de Dezembro de 2015 
  2. ZAMOYSKI, Adam. Varsóvia 1920. Record, Rio de Janeiro, 2013, p.152

Ligação externa[editar | editar código-fonte]