1.º governo da ditadura (Portugal)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Governos da Segunda República Portuguesa
Coat of arms of Portugal.svg

O 1.º governo da Ditadura portuguesa, nomeado a 30 de maio de 1926, na sequência do golpe de 28 de maio de 1926, e exonerado a 17 de junho do mesmo ano, foi liderado por José Mendes Cabeçadas. Até 3 de junho, o governo foi constituído por Mendes Cabeçadas, Armando da Gama Ochoa e Manuel Gomes da Costa, sendo depois remodelado.

A sua constituição era a seguinte:[1][2]

Cargo Detentor Período
Presidente do Ministério José Mendes Cabeçadas 30 de maio de 1926 a 17 de junho de 1926
Ministro do Interior José Mendes Cabeçadas (não empossado; interino) 30 de maio de 1926 a 1 de junho de 1926
Armando da Gama Ochoa (não empossado) 1 de junho de 1926 a 3 de junho de 1926
José Mendes Cabeçadas (interino) 3 de junho de 1926 a 17 de junho de 1926
Ministro da Justiça e dos Cultos José Mendes Cabeçadas (interino) 30 de maio de 1926 a 1 de junho de 1926
José Mendes Cabeçadas 1 de junho de 1926 a 3 de junho de 1926
Manuel Rodrigues 3 de junho de 1926 a 17 de junho de 1926
Ministro das Finanças José Mendes Cabeçadas (interino) 30 de maio de 1926 a 1 de junho de 1926
José Mendes Cabeçadas 1 de junho de 1926 a 3 de junho de 1926
António de Oliveira Salazar 3 de junho de 1926 a 17 de junho de 1926
Ministro da Guerra José Mendes Cabeçadas (interino) 30 de maio de 1926 a 1 de junho de 1926
Manuel Gomes da Costa (não empossado) 1 de junho de 1926 a 3 de junho de 1926
Manuel Gomes da Costa 3 de junho de 1926 a 17 de junho de 1926
Ministro da Marinha José Mendes Cabeçadas 30 de maio de 1926 a 3 de junho de 1926
Jaime Afreixo 3 de junho de 1926 a 17 de junho de 1926
Ministro dos Negócios Estrangeiros José Mendes Cabeçadas (interino) 30 de maio de 1926 a 1 de junho de 1926
Armando da Gama Ochoa (não empossado) 1 de junho de 1926 a 3 de junho de 1926
Óscar Carmona 3 de junho de 1926 a 17 de junho de 1926
Ministro do Comércio e Comunicações José Mendes Cabeçadas (interino) 30 de maio de 1926 a 1 de junho de 1926
José Mendes Cabeçadas 1 de junho de 1926 a 3 de junho de 1926
Ezequiel de Campos (interino; não empossado) 3 de junho de 1926 a 5 de junho de 1926
Adolfo Pina (não empossado) 5 de junho de 1926 a 11 de junho de 1925
Abílio Passos e Sousa 11 de junho de 1926 a 17 de junho de 1926
Ministro das Colónias José Mendes Cabeçadas (interino)
30 de maio de 1926 a 1 de junho de 1926
Manuel Gomes da Costa (não empossado) 1 de junho de 1926 a 3 de junho de 1926
Manuel Gomes da Costa (interino) 3 de junho de 1926 a 17 de junho de 1926
Ministro da Instrução Pública José Mendes Cabeçadas (interino) 30 de maio de 1926 a 1 de junho de 1926
Armando da Gama Ochoa (não empossado) 1 de junho de 1926 a 3 de junho de 1926
Joaquim Mendes dos Remédios 3 de junho de 1926 a 17 de junho de 1926
Ministro da Agricultura José Mendes Cabeçadas (interino) 30 de maio de 1926 a 1 de junho de 1926
Manuel Gomes da Costa (não empossado) 1 de junho de 1926 a 3 de junho de 1926
Ezequiel de Campos (não empossado) 3 de junho de 1926 a 5 de junho de 1926
Felisberto Pedrosa 5 de junho de 1926 a 17 de junho de 1926

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Os Governos da República: 1910–2010. Lisboa: Edição dos autores. Capítulo: 47.º Ministério. p. 307–309. ISBN 978-989-97322-0-9
  2. Maltez, José Adelino. «Governo de Mendes Cabeçadas (1926)». Politipédia — Repertório Português de Ciência Política. Observatório Político. Consultado em 21 de fevereiro de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.