113 Amalteia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Amalteia (desambiguação).
Amalteia
Número 113
Data da descoberta 12 de março de 1871
Descoberto por Karl Theodor Robert Luther
Categoria Cinturão principal
Homenagem a Amalteia
Precedido por 112 Ifigênia
Sucedido por 114 Kassandra
Elementos orbitais
Semieixo maior 2,376 UA
Periélio 2,1710604 UA
Afélio 2,581 UA
Excentricidade 0,0863561
Período orbital 1337,627 d (3,66 a)
Anomalia média 118,9 °
Inclinação 5,04242°
Longitude do nó ascendente 123,5 °
Argumento do periastro 79,04 °
Características físicas
Dimensões 46,14[1] km
Classe espectral Asteroide tipo S
Magnitude absoluta 8,74[1]

113 Amalteia é um asteroide rochoso bastante típico do cinturão principal localizado na região interna do cinturão. Ele é classificado como um asteroide tipo S. Ele possui uma magnitude absoluta de 8,74 e tem um diâmetro de 46,14 quilômetros.[1]

Descoberta e nomeação[editar | editar código-fonte]

113 Amalteia foi descoberto em 12 de março de 1871 pelo astrônomo Karl Theodor Robert Luther.[1] Este asteroide foi nomeado em honra a Amalteia, um personagem da mitologia grega. Um dos pequenos satélites internos de Júpiter, sem relação com 113 Amalteia, é também chamado de Amalteia.

Características orbitais[editar | editar código-fonte]

A órbita de 113 Amalteia tem uma excentricidade de 0,0863561 e possui um semieixo maior de 2,3762654 UA. O seu periélio leva o mesmo a uma distância de 2,1710604 UA em relação ao Sol e seu afélio a 2,581 UA.[2]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d «JPL Small-Body Database Browser: 113 Amalthea» (em inglês). Jet Propulsion Laboratory. Consultado em 1 de fevereiro de 2015 
  2. «(113) Amalthea = 1931 TN3 = 1951 CY» (em inglês). IAU Minor Planet Center. Consultado em 1 de fevereiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

111 Ate | 112 Ifigênia | 113 Amalteia | 114 Kassandra | 115 Thyra