12.ª Região Militar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
12ª Região Militar
12rm.png
Brasão
País  Brasil
Estado Amazonas
Corporação Exército Brasileiro
Subordinação Comando Militar da Amazônia
Denominação Região Mendonça Furtado
Sigla 12ª RM
Criação 1948
Lema Nós fazemos o apoio logístico do combatente na Amazônia Ocidental
História
Condecorações Ordem do Mérito Militar[1]
Comando
Comandante Gen Div OMAR Zendim [2]
Sede
Sede Manaus -  Amazonas
Bairro Ponta Negra
Endereço Avenida dos Expedicionários, 6155, Ponta Negra, Manaus - AM
Internet Página oficial

Há mais de meio século, precisamente em 15 de julho de 1948, o então Ministério da Guerra criou o Comando de Elementos de Fronteira, nesta cidade de Manaus, por transformação do Comando dos Destacamentos de Fronteira, com jurisdição sobre os Estados do Pará e Amazonas e os Territórios do Acre, Amapá, Rondônia e Roraima. Com o crescimento da prioridade atribuída à área, foi criado em Belém o Comando Militar da Amazônia e, em 1969, transferido para Manaus reunindo-se a este Comando da 12ª Região Militar, então criada.

Treze anos mais tarde, separada do CMA, a 12ª RM, estabelecida como Grande Comando independente, iniciou a busca de uma denominação histórica à altura de sua importância. O Capitão-General Francisco Xavier de Mendonça Furtado, antigo governante da então província do Grão-Pará, em meados do século XVIII, percorreu vasta extensão da Capitania, incorporando novas comunidades, fundando vilas, integrando o território, realizando a política de povoamento e garantindo a posse da terra, por meio da doutrina do utis possidetis, bem como do desenvolvimento de atividades econômicas que interiorizaram o homem nesta imensa região.

A conjunção de seus esforços, particularmente nos campos político e econômico, resultou na expansão da fronteira norte do Brasil e na atual configuração do Estado do Amazonas, razão pela qual, numa justa homenagem, foi concedida à 12ª Região Militar a denominação histórica de "REGIÃO MENDONÇA FURTADO", pela Portaria Ministerial Nr 687, de 16 de dezembro de 1993. Na estrutura militar de paz tem, como principais encargos, comando, planejamento e execução do apoio às Organizações Militares de sua área, bem como o planejamento do preparo e da execução da mobilização e das atividades ligadas ao equipamento do território.

Desde 2001 porta a insígnia da Ordem do Mérito Militar, concedida pelo presidente Fernando Henrique Cardoso.[1]

Sede e abrangência[editar | editar código-fonte]

Está sediada na cidade de Manaus, no maior estado da federação brasileira, o Amazonas. Abrange, além do Amazonas, o Acre, Roraima e Rondônia.

Organizações Militares Subordinadas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências