13.º Batalhão de Infantaria Blindado (13.º BIB)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Vista aérea do 13.º BIB
13.º Batalhão de Infantaria Blindado
País  Brasil
Estado Paraná
Corporação Exército Brasileiro
Subordinação 5.ª Brigada de Cavalaria Blindada
Denominação Batalhão Tristão de Alencar Araripe
Sigla 13.º BIB
Criação 21 de junho de 1923
Aniversários 21 de junho
História
Guerras/batalhas Revolta Paulista de 1924
Revolução de 1930
Revolução Constitucionalista de 1932
Condecorações Medalha do Pacificador
Insígnias
Estandarte
Histórico
do 13.º BIB
Br^13bib.gif
Comando
Comandante Cel Inf Daniel Moreira Marques
Subcomandante TC Inf Ricardo Martins Hilgemberg
Comandantes
notáveis
Marechal Tristão de Alencar Araripe
Sede
Guarnição Ponta Grossa - PR
Endereço Avenida General Carlos Cavalcanti, 2179
Internet Página no Facebook https://www.facebook.com/quartel13bib
Canal no YouTube https://www.youtube.com/comunicacaosocial13bib
E-mail 13bib.rp@gmail.com

O 13.º BIB[editar | editar código-fonte]

O 13.º Batalhão de Infantaria Blindado (13.º BIB), também conhecido como Batalhão Tristão de Alencar Araripe, é uma unidade do Exército Brasileiro, localizada em Ponta Grossa, no estado do Paraná, e subordinado à 5.ª Brigada de Cavalaria Blindada, sediada na mesma cidade. Seu nome histórico evoca o Marechal Tristão de Alencar Araripe, insígnie militar e antigo Comandante do 13.º Regimento de Infantaria (13.º RI), unidade predecessora do 13.º BIB.

É uma força blindada que possui como principal meio de combate a VBTP M113 BR. Unidade de Infantaria com elevado poder de fogo, mobilidade, sistema de comunicações amplo e flexível, ação de choque e proteção blindada, características decisivas para obter superioridade nos conflitos atuais, o Batalhão, como toda tropa blindada, faz parte da espinha dorsal da força terrestre.

Organizado a quatro Companhias de Fuzileiros Blindadas, uma Companhia de Comando e Apoio, um Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva e uma Banda de Música. O 13.º BIB é importante elemento de manobra da 5.ª Brigada de Cavalaria Blindada, mercê do interesse, da dedicação ao trabalho e do profissionalismo de todos os seus integrantes, prossegue cumprindo fielmente a sua missão constitucional.

Sediado no Segundo Planalto Paranaense, região conhecida como Campos Gerais, possui uma moderna estrutura de saúde, que foi totalmente reformada e aparelhada, aonde presta um atendimento de excelência para a família militar com médicos, dentistas e farmacêuticos. A OM possui ainda, próprios nacionais para Oficiais Subtenentes e Sargentos, com intuito de receber e acomodar a família 13.º BIB.

História[1][editar | editar código-fonte]

Em 21 de junho de 1923, pelo Decreto presidencial n.º 10.070, foi criado o 13.º Regimento de Infantaria (13.º RI)[2], na cidade de Ponta Grossa, estado do Paraná.

O 13.º RI teve participação destacada na Revolta Paulista de 1924, na Revolução de 1930[3], na Revolução Constitucionalista de 1932 e no Golpe de 1964[1].

Por ocasião da 2.ª Guerra Mundial, em 1944, enviou um contingente de 336 militares para compor a Força Expedicionária Brasileira (FEB), que combateu no norte da Itália.

Em 1.º de novembro de 1971, foi transformado em 13.º Batalhão de Infantaria Blindado, recebendo, a partir de 1972, as Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal (VBTP) M-113.

O 13.º BIB possui também um Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva (NPOR), que foi criado em 1966[4] e já formou diversas turmas de Oficiais R-2 para o Exército Brasileiro.

Composição[editar | editar código-fonte]

Organograma 13 BIB.png

O 13.º BIB é composto por: Comando e Estado-Maior,

4 Companhias de Fuzileiros Blindadas;

Companhia de Comando e Apoio;

Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva (NPOR) e

Banda de Música.

Ex-Comandantes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. FRIZANCO, Orlando; SOARES JUNIOR, Wilson; MAYER, Reinaldo Afonso. História do 13.º BIB "Batalhão Tristão de Alencar Araripe". Ponta Grossa: AORPG, 2009. ISBN 978-85-61862-01-5
  2. http://www.ahex.ensino.eb.br/docs/5rm/13%BA%20BIB.pdf[ligação inativa]
  3. «Cópia arquivada». Consultado em 2 de agosto de 2016. Arquivado do original em 7 de julho de 2016 
  4. FRIZANCO, Orlando et all. História do NPOR do 13.º BIB. Curitiba:AORPG, 2008.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

• FRIZANCO, Orlando; SOARES JUNIOR, Wilson; MAYER, Reinaldo Afonso. História do 13.º BIB "Batalhão Tristão de Alencar Araripe". Ponta Grossa: AORPG, 2009. ISBN 978-85-61862-01-5
• FRIZANCO, Orlando et all. História do NPOR do 13.º BIB. Curitiba: AORPG, 2008.