2.º governo da ditadura (Portugal)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Governos da Segunda República Portuguesa
Coat of arms of Portugal.svg

O 2.º governo da Ditadura portuguesa, nomeado a 17 de junho de 1926 e exonerado a 9 de julho do mesmo ano, foi liderado por Manuel Gomes da Costa. Inicialmente, Gomes da Costa assume todas as pastas; a 18 de junho entra António Claro para a pasta do Interior; a 19 de julho e a 6 de julho ocorrem novas alterações.

A totalidade do governo serviu como chefe de Estado de Portugal entre 17 e 29 de junho de 1926, na falta de um presidente da República ou de um presidente do Ministério com as prerrogativas de chefe de Estado. Essas prerrogativas seriam atribuídas ao presidente do Ministério Manuel Gomes da Costa a 29 de junho.

A sua constituição era a seguinte:[1][2]

Cargo Detentor Período
Presidente do Ministério Manuel Gomes da Costa 17 de junho de 1926 a 9 de julho de 1926
Ministro do Interior Manuel Gomes da Costa 17 de junho de 1926 a 18 de junho de 1926
António Claro 18 de junho de 1926 a 6 de julho de 1926
Manuel Gomes da Costa (interino) 6 de julho de 1926 a 9 de julho de 1926
Ministro da Justiça e dos Cultos Manuel Rodrigues 17 de junho de 1926 a 9 de julho de 1926
Ministro das Finanças António de Oliveira Salazar 17 de junho de 1926 a 19 de junho de 1926
Filomeno da Câmara 19 de junho de 1926 a 9 de julho de 1926
Ministro da Guerra Manuel Gomes da Costa 17 de junho de 1926 a 9 de julho de 1926
Ministro da Marinha Jaime Afreixo 17 de junho de 1926 a 9 de julho de 1926
Ministro dos Negócios Estrangeiros Óscar Carmona 17 de junho de 1926 a 6 de julho de 1926
Martinho Nobre de Melo 6 de julho de 1926 a 9 de julho de 1926
Ministro do Comércio e Comunicações Abílio Passos e Sousa 17 de junho de 1926 a 9 de julho de 1926
Ministro das Colónias Manuel Gomes da Costa (interino) 17 de junho de 1926 a 19 de junho de 1926
Armando da Gama Ochoa 19 de junho de 1926 a 6 de julho de 1926
João de Almeida 6 de julho de 1926 a 9 de julho de 1926
Ministro da Instrução Pública Joaquim Mendes dos Remédios 17 de junho de 1926 a 19 de junho de 1926
Artur Ricardo Jorge 19 de junho de 1926 a 9 de julho de 1927
Ministro da Agricultura Felisberto Pedrosa 17 de junho de 1926 a 9 de julho de 1926

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Guimarãis, Alberto Laplaine; Ayala, Bernardo Diniz de; Machado, Manuel Pinto; António, Miguel Félix. «48.º Ministério». Os Governos da República: 1910–2010. Lisboa: Edição dos autores. p. 311–312. ISBN 978-989-97322-0-9 
  2. Maltez, José Adelino. «Governo de Gomes da Costa (1926)». Politipédia — Repertório Português de Ciência Política. Observatório Político. Consultado em 21 de fevereiro de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.