2008 TC3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fragmentos do asteroide 2008 TC3 encontrado no deserto da Núbia, Sudão.

O 2008 TC3 foi um asteroide de 2 a 5 m de diâmetro descoberto em 6 de Outubro de 2008 por Richard A. Kowalski do Catalina Sky Survey,[1] utilizando um telescópio automatizado.

Satélites e observadores em terra acompanharam a trajetória do asteroide, que atravessou o ar como uma bola de fogo até que explodiu a 37 km de altitude no dia 7 de Outubro de 2008 as 02:46 UTC (5:46 a.m. hora local).[2][3] O que restasse dele estaria espalhado pelo deserto da Núbia, localizado entre o Egito e o Sudão.

Uma expedição internacional liderada por cientistas americanos e com participação de pesquisadores sudaneses foi conduzida no deserto em busca dos pedaços do asteroide. Foram encontrados 47 meteoritos (pedaços do asteroide original), totalizando uma massa total de quase 4 quilos.

Pela primeira vez um asteroide foi detectado no espaço e acompanhado até sua colisão com a Terra, com a subsequente recuperação de pedaços que indicam minuciosamente sua composição.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Plait, Phil (6 de outubro de 2008). «Incoming!!!» (em inglês). Bad Astronomy. Consultado em 8 de outubro de 2008 
  2. P. Jenniskens et. al. (26 de março de 2009). «The impact and recovery of asteroid 2008 TC3». Nature (em inglês) (458): 485-488. doi:10.1038/nature07920  Published in Letters to Nature
  3. «NASA Team Finds Riches in Meteorite Treasure Hunt» (em inglês). NASA. 27 de março de 2009. Consultado em 5 de abril de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre asteroides é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.