(486958) 2014 MU69

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de 2014 MU69)
Ir para: navegação, pesquisa
2014 MU69
KBO 2014 MU69 HST.jpg
Foto da descoberta
Número 486958
Data da descoberta 26 de junho de 2014
Descoberto por Telescópio espacial Hubble
Categoria Transnetuniano
Elementos orbitais
Semieixo maior 44,195 UA
Perélio 41,784 UA
Afélio 46,607 UA
Excentricidade 0,055
Inclinação 2,4º
Características físicas
Dimensões 32 km
Magnitude absoluta 9,1

(486958) 2014 MU69, também escrito como (486958) 2014 MU69 (também chamado de PT1 e 1110113Y pelas equipes da New Horizons e do Hubble, respectivamente), é um objeto transnetuniano que está localizado no cinturão de Kuiper, uma região do Sistema Solar. Este corpo celeste possui uma magnitude absoluta de 9,1[1] e tem um diâmetro com cerca de 32 km. Em 22 de outubro de 2015, a New Horizons fez uma mudança de curso para uma viagem rumo a (486958) 2014 MU69.[2]

Descoberta[editar | editar código-fonte]

(486958) 2014 MU69 foi descoberto no dia 26 de junho de 2014 pelo telescópio espacial Hubble[3] durante um levantamento preliminar para encontrar um objeto do cinturão de Kuiper adequado para um sobrevoo da sonda New Horizons. Para a descoberta foi necessário o uso do telescópio espacial Hubble, porque com uma magnitude aparente de 26 é muito fraco para ser observado por telescópios em terra. O Hubble também é capaz de terminar uma astrometria muito precisa e, portanto, uma fiável determinação de sua órbita.[4][5]

Órbita[editar | editar código-fonte]

A órbita de (486958) 2014 MU69 tem uma excentricidade de 0,055 e possui um semieixo maior de 44,195 UA. O seu periélio leva o mesmo a uma distância de 41,784 UA em relação ao Sol e seu afélio a 46,607 UA.[1]

Exploração[editar | editar código-fonte]

O pequeno corpo celeste designado de 1110113Y por seus descobridores, foi apelidado de 11/PT1[6] ou simplesmente PT1 de Potential Target 1,[7] porque foi o primeiro alvo potencial para a sonda New Horizons a ter sido identificado. Deve ser visitado por esta sonda espacial em 31 de dezembro de 2018 ou 1 de janeiro de 2019, quando estará a 43,4 UA do Sol.[8]

2014 PN70 que foi apelidado de PT3 (tinha 97% de chance de ser visitado pela New Horizons), 2014 OS393 que recebeu o apelido de PT2 (possuía apenas 7% de chance) e posteriormente 2014 MT69, foram os outros alvos potenciais.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «List Of Transneptunian Objects» (em inglês). Minor Planet Center. Consultado em 6 de abril de 2015 
  2. «NASA's New Horizons on new post-Pluto mission» (em inglês). AP News. Consultado em 27 de outubro de 2015 
  3. «NewsCenter – Hubble to Proceed with Full Search for New Horizons Targets (07/01/2014) – Release Images» (em inglês). Consultado em 6 de abril de 2015 
  4. «New Horizons extended mission target selected» (em inglês). Planetary Society blog. Consultado em 27 de janeiro de 2016 
  5. «The Successful Search for a Post-Pluto KBO Flyby Target for New Horizons Using the Hubble Space Telescope» (PDF) (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2016 
  6. «New Horizons HST KBO search results: Status report» (PDF) (em inglês). Consultado em 6 de abril de 2015 
  7. «Postcards from Pluto» (em inglês). Consultado em 6 de abril de 2015 
  8. «Finally! New Horizons has a second target» (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]