2046 (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
2046
2046 - Os segredos do amor (PT/BR)
 China
2004 •  cor •  129 min 
Direção Wong Kar-Wai
Roteiro Wong Kar-Wai
Elenco Tony Leung Chiu-Wai
Gong Li
Faye Wong
Takuya Kimura
Zhang Ziyi
Carina Lau
Chang Chen
Bird Thongchai McIntyre
Dong Jie
Maggie Cheung
Género Drama / Sci-Fi / Romance
Idioma Mandarim / Japonês / Cantonês
Página no IMDb (em inglês)

2046 (2046 - Os segredos do amor, em português) é um filme honconguês, dirigido e escrito por Wong Kar-Wai e lançado em 2004.

Oitavo longa-metragem da carreira de Kar-Wai, o filme levou quatro anos para ser concluído e é tido como o último filme de uma trilogia que teve antes "A Fei Zheng Chuan" ("Dias Selvagens", de 1991) e "Fa Yeung Nin Wa" ("Amor à Flor da Pele"/"Disponível para Amar", de 2000).[1][2]

"2046" é a seqüência da vida amorosa do personagem Chow Mo-wan na década de sessenta em Hong Kong. O filme tem em sua narrativa alguns elementos da ficção científica, é falado em mandarim, japonês e cantonês e tem trilha sonora com canções em espanhol.

Produtores[editar | editar código-fonte]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Mo Wan Chow (Tony Leung Chiu Wai) é um escritor e jornalista que se aloja no quarto 2046 de um hotel em Hong Kong, no qual ele começa a escrever um romance de ficção científica no futuro (no ano 2046), mas que lhe traz recordações passadas sobre sua própria vida amorosa. Em seu romance, um trem misterioso sempre parte para ano de 2046. Seus passageiros embarcam nele em busca de suas memórias perdidas. No mesmo trêm, uma andróide com sentimentos retardados não se dá conta de que ama um dos personagens até perceber que era tarde demais.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Premiação[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Howard Fernstein (21 de setembro de 2004). «'It was like being in jail'». The Guardian. Consultado em 21 de fevereiro de 2014. 
  2. Bruno Yutaka Saito (13 de setembro de 2009). «No universo onírico de Kar-wai». Folha de S.Paulo. Consultado em 21 de fevereiro de 2014. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.