3.ª Brigada de Infantaria Motorizada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
3ª Brigada de Infantaria Motorizada
3bdaimz.png
Estado  Goiás
Subordinação Comando Militar do Planalto
Sigla 3ª Bda Inf Mtz
Criação 1968
Comando
Comandante Gen Bda Marco Aurélio de Almeida Rosa
Sede
Endereço Rua Visconde de Mauá, s/n

A 3ª Brigada de Infantaria Motorizada (3ª Bda Inf Mtz), também conhecida como Brigada Visconde de Porto Seguro, é uma das Brigadas do Exército Brasileiro. Sua sede localiza-se em Cristalina, em Goiás. É subordinada ao Comando Militar do Planalto, com sede em Brasília. Suas organizações militares subordinadas estão localizadas no Distrito Federal e nos estados de Goiás, Tocantins e região de Minas Gerais conhecida como Triângulo Mineiro. O seu nome histórico é uma homenagem ao Visconde de Porto Seguro, Francisco Adolfo de Varnhagem.

A 3ª Bda Inf Mtz faz parte da reserva estratégica do Exército Brasileiro, devendo estar em condições de ser empregada a qualquer tempo e em qualquer parte do Brasil.

Organizações Militares Subordinadas[editar | editar código-fonte]

História[editar | editar código-fonte]

A Brigada foi criada pelo Decreto-Lei nº 4.224, de 2 de abril de 1942, como a 3ª Brigada de Infantaria (3ª Bda Inf), com sede em Fortaleza e subordinada à 7ª Região Militar, em Recife, para a pronta defesa da Região Nordeste do Brasil na Segunda Guerra Mundial. Mesmo antes do término da Guerra a 3ª Bda Inf foi extinta.

O Decreto Presidencial nº 63.846, de 18 de dezembro de 1968, criou uma nova 3ª Brigada de Infantaria, agora no Planalto Central, com sede em Brasília e em 1973, a 3ª Bda Inf passou a denominar-se 3ª Bda Inf Mtz. Em 11 de novembro de 1980, o Decreto Presidencial nº 85.352 alterou a localização da sede do Comando da 3ª Bda Inf Mtz de Brasília para Goiânia, tendo o QG iniciado o funcionamento na capital goiana em 31 de janeiro de 1981.

Em 3 de setembro de 2003, o Decreto Presidencial nº 4.828 alterou novamente a sede da Brigada, agora para a cidade de Cristalina, dentro da reestruturação do Exército que permitiu a criação da Brigada de Operações Especiais.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]