3.º governo do Vintismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Governos do Primeiro Liberalismo (Vintismo)
Coat of Arms of the Kingdom of Portugal (1640-1910).png

O 3.º governo do Vintismo, nomeado a 28 de Maio[1] e exonerado a 1 de Junho de 1823, no contexto das convulsões políticas da Vilafrancada, foi inicialmente presidido por José António Faria de Carvalho, na qualidade de Ministro e Secretário de Estado dos Negócios do Reino, tendo este sido substituido por Marciano de Azevedo quando desertou (juntamente com os ministros da Guerra e dos Negócios Estrangeiros, José Maria das Neves Costa e Hermano José Braamcamp do Sobral) para o lado de D. Miguel em Santarém.[2]

A sua constituição era a seguinte:[1][2][3]

Cargo Detentor Período
Ministro e Secretário de Estado dos
Negócios do Reino
José António Faria de Carvalho 28 de Maio de 1823 a 30 de Maio de 1823
Marciano de Azevedo 30 de Maio de 1823 a 1 de Junho de 1823
Ministro e Secretário de Estado dos
Negócios da Justiça
José António Guerreiro 28 de Maio de 1823 a 1 de Junho 1823
Ministro e Secretário de Estado dos
Negócios da Marinha
D. Manuel João Locio 28 de Maio de 1823 a 1 de Junho de 1823
Ministro e Secretário de Estado dos
Negócios da Fazenda
José Xavier Mouzinho da Silveira 28 de Maio de 1823 a 1 de Junho de 1823
Ministro e Secretário de Estado dos
Negócios da Guerra
José António Guerreiro (interino) 28 de Maio de 1823 a 30 de Maio de 1823
José Maria das Neves Costa 30 de Maio de 1823
José Máximo Fonseca Rangel 30 de Maio de 1823 a 1 de Junho de 1823
Ministro e Secretário de Estado dos
Negócios Estrangeiros
Hermano José Braamcamp do Sobral 28 de Maio de 1823 a 30 de Maio de 1823
Francisco de Oliveira 30 de Maio de 1823 a 1 de Junho de 1823

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Diário do Governo, n.º 127, 30 de Maio de 1823 (que pode ser consultado aqui).
  2. a b Maltez, José Adelino. «Governantes durante a Vilafrancada (1823)». Politipédia — Repertório Português de Ciência Política. Observatório Político. Consultado em 11 de Dezembro de 2015 
  3. Diário do Governo, n.º 128, 31 de Maio de 1823 (que pode ser consultado aqui).
Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.