47 Tucanae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
47 Tucanae
47 Tucanae- Imagem mosaico por E. Kopan (IPAC).
(tamanho 19.2´ × 23.3´.)
Dados observacionais (J2000)
Constelação Tucana
Tipo III
Asc. reta 00h 24m 05,67s [1]
Declinação -72° 04′ 52,6″ [1]
Distância 16 700 ± 850 anos-luz (5 130 ± 250 pc [2])
Magnit. apar. +4,91 [1]
Dimensões 30′.9
Características físicas
Massa  ?
Raio 60 ± ? al[3]
Idade estimada ~ 10 bilhões de anos
Outras denominações ξ Tuc, NGC 104, GCl 1.[1]
47 Tucanae
Tucana constellation map.png

47 Tucanae (NGC 104) ou apenas 47 Tuc é um aglomerado globular situado na constelação de Tucana. Está a de cerca de 16 700 anos-luz de distância da Terra, e tem 120 anos-luz de diâmetro. Pode ser visto a olho nu, e é brilhante o suficiente para ganhar uma designação de Flamsteed com uma magnitude visual de 4,0. É apenas uma de um pequeno número de características com essa designação do céu do sul.

47 Tucanae foi descoberto por Nicolas Louis de Lacaille em 1751; a sua localização muito ao sul tem escondido de observadores europeus até então. O aglomerado aparece aproximadamente com o tamanho da lua cheia no céu em condições ideais.

É o segundo aglomerado globular mais brilhante no céu (depois de Omega Centauri), e é conhecido por ter um núcleo muito brilhante e denso. Ele tem de 22 pulsares milisegundos conhecidos, e pelo menos 21 estrelas retardatárias azuis (blue stragglers) perto do centro.[4]

47 Tucanae está incluído no Catálogo Caldwell de Sir Patrick Moore como C106.

NGC 104 concorre com NGC 5139 (Omega Centauri) para o título: O mais esplêndido Aglomerado Globular no céu. NGC 104 tem duas características em seu favor. Ele é arredondado e tem um centro mais compacto. No entanto, devido à localização, mais observadores vão para NGC 5139.

Aglomerado Globular 47 Tucanae. Crédito: ESO

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d «SIMBAD Astronomical Database». Results for NGC 104. Consultado em 17 de novembro de 2006 
  2. «Distances, Ages, and Epoch of Formation of Globular Clusters». Paper in The Astrophysical Journal. Consultado em 12 de novembro de 2008 
  3. distância × sin( diameter_angle / 2 ) = 60 al. raio
  4. «NASA's Hubble Space Telescope Finds "Blue Straggler" Stars in the Core of a Globular Cluster». Hubble News Desk. 24 de julho de 1991. Consultado em 24 de maio de 2006 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre 47 Tucanae
Science.jpg    NGC 102  •  NGC 103  •  NGC 104  •  NGC 105  •  NGC 106   
Ícone de esboço Este artigo sobre um aglomerado globular é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.