57 (revista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
57 : folha independente de cultura
Formato (44 cm)
Sede Cascais / Lisboa Portugal Portugal
Fundação 1957
Director António Quadros
Idioma Português europeu
Término de publicação 1962

57 - folha independente de cultura, foi uma publicação cultural e filosófica portuguesa, órgão do Movimento 57 e ativa periodicamente entre 1957 e 1962, também conhecida como 57 - actualidade filosofia arte e ciência literatura e 57 - movimento de cultura portuguesa ou simplesmente como «jornal 57».[1]

Apresentação[editar | editar código-fonte]

O primeiro diretor do jornal 57 foi o filósofo António Quadros. A publicação, embora eclética, apresentava-se sobretudo como um projeto filosófico e era o órgão de divulgação do chamado Movimento 57, reunindo vários membros daquele que veio a ser denominado Movimento da Filosofia Portuguesa.[2][3]

Entre 1957 e 1962 o jornal teve 11 números, que se encontram livremente consultáveis em versão digital no site da Hemeroteca Digital de Lisboa.[1]

Autores[editar | editar código-fonte]

Entre os autores que colaboraram com o jornal figuram: Agostinho da Silva, Avelino Abrantes, Afonso Botelho, Afonso Cautela, Azinhal Abelho, José A. Ferreira, Agustina Bessa Luís, José Marinho, Fernando Morgado, Ernesto Palma, Álvaro Ribeiro, Ana Hatherly, Natércia Freire, Rui Carvalho dos Santos, Francisco Sottomayor, António Telmo, Carlos Vaz, Orlando Vitorino.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b «57». hemerotecadigital.cm-lisboa.pt. Consultado em 1 de janeiro de 2021 
  2. a b Álvaro Costa de Matos (2008), «O Jornal 57: História & Memória», hemerotecadigital.cm-lisboa.pt, web consultado em 1 de janeiro de 2021.
  3. Rita Correia (2007), «O Movimento 57 na cultura portuguesa: breve enquadramento histórico», hemerotecadigital.cm-lisboa.pt, web consultado em 1 de janeiro de 2021.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • CORREIA, Rita (2007), «O Movimento 57 na cultura portuguesa: breve histórico Enquadramento », hemerotecadigital.cm-lisboa.pt, web consultado em 01 de janeiro de 2021.
  • GAMA, Manuel (1991), O Movimento 57 na cultura portuguesa, Lisboa, Instituto de Cultura e Língua Portuguesa.
  • MATOS, Álvaro Costa de (2008), «O Jornal 57: História & Memória », hemerotecadigital.cm-lisboa.pt, web consultado em 1 de janeiro de 2021.
  • PIRES, Daniel (1996), Dicionário da Imprensa Literária Portuguesa do séc. XX, Lisboa, Grifo.

Itens relacionados[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]