59 Leonis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
59 Leonis
c Leonis
Dados observacionais (J2000)
Constelação Leo
Asc. reta 11h 00m 44,8s[1]
Declinação +06° 06′ 05,2″[1]
Magnitude aparente 4,996[1]
Características
Tipo espectral A5 III[2]
Cor (U-B) 0,11[3]
Cor (B-V) 0,16[3]
Astrometria
Velocidade radial -11,7 ± 1,3 km/s[4]
Mov. próprio (AR) -52,73 mas/a[1]
Mov. próprio (DEC) -23,23 mas/a[1]
Paralaxe 21,57 ± 0,26 mas[1]
Distância 151 ± 2 anos-luz
46,4 ± 0,6 pc
Magnitude absoluta 1,67[5]
Detalhes
Gravidade superficial 3,98 (log g)[2]
Temperatura 8 180[2] K
Rotação 82 km/s[6]
Outras denominações
c Leo, HR 4294, BD+06 2384, HD 95382, SAO 118615, HIP 53824.[1]
59 Leonis
Leo constellation map.png

59 Leonis (59 Leo, c Leo, c Leonis) é uma estrela na constelação de Leo. Com uma magnitude aparente de 5,0,[1] é brilhante o suficiente para ser vista a olho nu. Medições de paralaxe mostram que está a aproximadamente 151 anos-luz (46,4 parsecs) da Terra.[1] Sua magnitude absoluta é de 1,67.[5]

O espectro de 59 Leonis não apresenta nenhuma peculiaridade e corresponde a uma classificação estelar de A5 III,[2] o que significa que a estrela é uma gigante de classe A. Tem uma temperatura efetiva de 8 180 K,[2] o que lhe dá o brilho branco típico de estrelas de classe A.[7] Está rotacionando rapidamente, com uma velocidade de rotação projetada de 82 km/s.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i «SIMBAD query result - c Leo». SIMBAD. Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Consultado em 6 de novembro de 2012 
  2. a b c d e Shorlin, S. L. S.; Wade, G. A.; Donati, J.-F.; Landstreet, J. D.; Petit, P.; Sigut, T. A. A.; Strasser, S (setembro de 2002). «A highly sensitive search for magnetic fields in B, A and F stars». Astronomy and Astrophysics. 392. pp. 637–652. Bibcode:2002A&A...392..637S. doi:10.1051/0004-6361:20021192 
  3. a b Johnson, H. L.; Iriarte, B.; Mitchell, R. I.; Wisniewskj, W. Z. (1966). «UBVRIJKL photometry of the bright stars». Communications of the Lunar and Planetary Laboratory. 4 (99). Bibcode:1966CoLPL...4...99J 
  4. Gontcharov, G. A. (novembro de 2006), «Pulkovo Compilation of Radial Velocities for 35 495 Hipparcos stars in a common system», Astronomy Letters, 32 (11): 759–771, Bibcode:2006AstL...32..759G, doi:10.1134/S1063773706110065. 
  5. a b Wolff, S.; Simon, T (julho de 1997). «The Angular Momentum of Main Sequence Stars and Its Relation to Stellar Activity». Publications of the Astronomical Society of the Pacific. 109. pp. 759–775. Bibcode:1997PASP..109..759W. doi:10.1086/133942 
  6. a b Royer, F.; et al. (outubro de 2002), «Rotational velocities of A-type stars in the northern hemisphere. II. Measurement of v sin i», Astronomy and Astrophysics, 393: 897–911, Bibcode:2002A&A...393..897R, doi:10.1051/0004-6361:20020943 
  7. «The Colour of Stars», Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation, Australia Telescope, Outreach and Education, 21 de dezembro de 2004, consultado em 25 de outubro de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre Estrelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.