613 mandamentos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Os 613 mandamentos ou 613 mitzvot (do hebraico:תרי"ג מצוות ou mitzvot sendo TaRYaG um acrônimo do valor numérico "613") é o conjunto de todos os mandamentos que, de acordo com o judaísmo, constam na Torá (os cinco livros de Moisés).[1] De uma forma geral, a expressão "A Lei de Moisés" (em hebraico Torat Moshé תורת משה) também é utilizada em referência ao corpo legal judaico.

Apesar de que houve muitas tentativas de codificar e enumerar os mandamentos contidos na Torá, a visão tradicional é baseada na enumeração de Maimônides. De acordo com essa tradição, estes 613 mandamentos estão divididos em dois mandamentos "mandamentos positivos", no sentido de realizar determinadas ações (mitzvot assê, mandamentos do tipo "faça!", obrigações[1]) e "mandamentos negativos", na qual se deve abster de certas ações (mitzvot ló taassê, mandamentos do tipo "não faça!", proibições[1]). Existem 365 mandamentos negativos, correspondendo ao número de dias no ano solar, que é como se cada dia dissesse à pessoa "Não cometa uma transgressão hoje";[1] e 248 mandamentos positivos, relacionado ao número de ossos ou órgãos importantes no corpo humano,[2] isto é, como se cada membro dissesse à pessoa: "Cumpra um preceito comigo".[1] Apesar de que o número 613 é mencionado no Talmud, sua significância real cresceu na literatura rabínica medieval tardia, incluindo muitos trabalhos listados ou arranjados pelas mitzvot.

Três dos mandamentos negativos envolvem yehareg ve'al ya'avor, o que significa que "uma pessoa deve se deixar ser morta ao invés de violar este mandamento negativo", são eles o assassinato, idolatria e relações proibidas.[3]

Muitas das mitzvot não podem ser observadas a partir da destruição do Segundo Templo (70 E.C.), apesar que elas ainda mantém grande significância religiosa. De acordo com um entendimento padrão, há 77 mandamentos negativos e 194 positivos que podem ser observados hoje. Há 26 mandamentos que se aplicam somente dentro da Terra de Israel.[4] Além disso, existem alguns mandamentos baseados em tempo das quais a mulher está isenta (exemplos incluem shofar, sucá, lulav, tzitzit e tefilin[5]). Alguns dependem de um status especial da pessoa no judaísmo (como cohanim), enquanto outros se aplicam apenas aos homens e outros apenas às mulheres

Significado dos 613[editar | editar código-fonte]

De acordo com o Talmud,[6] um verso bíblico afirma que Moisés transmitiu a "Torá" de Deus para o povo judeu: "Moisés nos mandou a Torá como uma herança para a comunidade de Jacó".[7]

O Talmud relata que o valor numérico hebraico (guematria) da palavra "Torá" é 611, e combinando os 611 mandamentos de Moisés com os dois recebidos diretamente de Deus somam 613. Os dois mandamentos que Deus entregou diretamente aos judeus foram os dois primeiros dos Dez Mandamentos: isso pode ser visto a partir do fato destes estarem escritos na primeira pessoa. O Talmud atribui o número 613 ao Rabino Simlai, mas outros sábios clássicos que sustentam essa visão incluem o Rabino Shimon ben Azai[8] e o Rabino Eleazar ben Yossi, o Galileu.[9] Isso é citado nos Midrashim Shemot Rabá,[10] Bamidbar Rabá[11] e o Talmud Babilônico.[12]

Muitos filosófos e místicos judaicos (como o Baal HaTurim, o Maharal de Praga e líderes do judaísmo hassídico) encontram alusões e cálculos inspirados na relação com o número de mandamentos.

Os tzitziot ("franjas com nós") do talit ("xale [de orações]") estão conectadas aos 613 mandamentos por interpretação: o principal comentarista da Torá, Rashi, baseia o número de nós em uma guematria: a palavra tzitzit (hebraico: ציצת (bíblico), ציצית, como soletrado na Mishná) tem o valor 600. Cada nó tem oito fios e cinco jogos de nós, totalizando 13. A soma de todos os números é 613. Isso reflete o conceito de que a utilização de uma vestimenta com tzitzit lembra seu usuário de todos os mandamentos da Torá.

Obras que enumeram os mandamentos[editar | editar código-fonte]

Não existe uma única lista definitiva que expõe os 613 mandamentos. As listas diferem, por exemplo, em como elas interpretam as passagens na Torá que podem ser lidas como lidando com diversos casos sob uma única lei ou diversas leis separadas. Outros "mandamentos" na Torá são restritos como atos de uma única vez, e seriam consideradas como "mitzvot" que devam ser cumpridas por outras pessoas. Na literatura rabínica, os Rishonim e estudiosos mais tardios compuseram obras para articular e justificar sua enumeração dos mandamentos:

Mandamentos[editar | editar código-fonte]

Mandamentos Obrigatórios[editar | editar código-fonte]

  1. Saber que o Senhor Deus existe. Ex. xx. 2
  2. Reconhecer Sua unidade. Deut. vi. 4
  3. Amar a Ele. Deut. vi. 5
  4. Temer a Ele. Deut. vi. 13
  5. Orar a Ele. Ex. xxiii. 25
  6. Apegar-se a ele. Deut. x. 20
  7. Jurar pelo seu nome. Deut. vi. 13, x. 20
  8. Para se assemelhar a Ele em seus caminhos. Deut. xxviii. 9
  9. Santificar o seu nome. Lev. xxii. 32
  10. Ler o Shema todas as manhãs e noites. Deut. vi. 7
  11. Aprender e ensinar os outros a lei. Deut. vi. 7
  12. Para ligar a tefilin na testa . Deut. vi. 8
  13. Para ligar o tefilin no braço. Deut. vi. 8
  14. Para fazer ẓiẓit. Num. xv. 38
  15. Fixar uma mezuzá. Deut. vi. 9
  16. Reunir as pessoas para ouvir a Lei a cada sete anos. Deut. xxxi. 12
  17. Para escrever uma cópia da Lei para si mesmo. Deut. xxxi. 19
  18. Que o rei escreva uma cópia especial da Lei para si mesmo. Deut. xvii. 18
  19. Para abençoar a Deus depois de comer. Deut. viii. 10
  20. Para construir o templo. Ex. xxv. 8
  21. Reverenciar o santuário. Lev. xix. 30
  22. Observar o santuário perpetuamente. Num. xviii. 2
  23. Que os levitas devem servir no santuário. Num. xviii. 23
  24. Que nos serviços os sacerdotes lavam as mãos e os pés. Ex. xxx. 19
  25. Que os sacerdotes acendam as luzes no santuário. Ex. xxx. 19
  26. Que os sacerdotes abençoem Israel. Num. vi. 23
  27. Pôr o pão e o incenso diante do Senhor no sábado. Ex. xxv. 30
  28. Para queimar incenso duas vezes por dia. Ex. xxx. 7
  29. Manter fogo continuamente sobre o altar. Lev. vi. 13
  30. Remover as cinzas diariamente do altar. Lev. vi. 10
  31. Para colocar o impuro do lugar santo. Num. v. 2.
  32. Que os aronitas têm o lugar de honra. Lev. xxi. 8
  33. Vestir os aronitas com vestes sacerdotais. Ex. xxviii. 2
  34. Que os kateitas levam a arca sobre seus ombros. Num. vii. 9
  35. Ungir os sumos sacerdotes e reis com óleo. Ex. xxx. 31
  36. Que os sacerdotes oficiem por turnos. Deut. xviii. 6, 8.
  37. Que os sacerdotes paguem as honras devidas aos mortos. Lev. xxi. 3
  38. Que o sumo sacerdote levante uma virgem por esposa. Lev. xxi. 13
  39. Para sacrificar duas vezes por dia. Num. xxviii. 3
  40. Que o sacerdote principal ofereça uma oblação diariamente. Lev. vi. 20
  41. Oferecer uma oblação adicional todos os sábados;
  42. no primeiro dia de cada mês;
  43. e na festa da Páscoa. Num. xxviii. 9, xxviii. 11; Lev. xxiii. 36
  44. Oferecer um molho da primeira cevada no segundo dia da Páscoa. Lev. xxiii. 10
  45. Para adicionar uma oblação no dia da festa de Shebu'ot. Num. xxviii. 26
  46. Oferecer dois pães em Shebu'ot. Lev. xxiii. 17
  47. Para adicionar uma oferta no primeiro de Tishri. Num. xxix. 1
  48. Para adicionar uma oferta no Dia da Expiação. Num. xxix. 7
  49. Observar o serviço no Dia da Expiação. Lev. xvi. 3
  50. Acrescentar uma oferenda na festa de Sucot. Num. xxix. 13
  51. Oferecer um sacrifício especial no oitavo dia de Sucot. Num. xxix. 35
  52. Manter o festival nas três estações do ano. Ex. xxiii. 14
  53. Que todo homem apareça na festa. Deut. xvi. 16
  54. Alegrai-vos nas festas. Deut. xvi. 14
  55. Matar o cordeiro pascal;
  56. comer a carne assada na décima quinta noite de nisã. Ex. xii. 6 xii. 8
  57. Observar a segunda Páscoa;
  58. comer o cordeiro pascal com maẓẓah e maror. Num. ix. 11, 13; ix. 11
  59. Para tocar as trombetas sobre os sacrifícios e no tempo da tribulação. Num. x. 10
  60. Que o gado, quando sacrificado, tenha oito dias ou mais. Lev. xxii. 27
  61. Que todo o gado sacrificado seja perfeito. Lev. xxii. 21
  62. Que todas as ofertas sejam salgadas. Lev. ii. 13
  63. Para trazer uma oferta queimada. Lev. Eu. 3
  64. Para trazer sacrifício pelo pecado;
  65. por transgressão;
  66. oferta de paz;
  67. oferta de cereais. Lev. ii. 1, vi. 25, vii. 1, 11.
  68. Que o Sinédrio traga uma oferta pelo pecado se eles erraram em doutrina. Lev. iv. 13
  69. Aquele que por erro transgrediu uma proibição de Karet, traz uma oferta pelo pecado. Lev. iv. 27, v. 1.
  70. Aquele em dúvida se transgrediu uma proibição traz uma oferta pelo pecado. Lev. v. 17, 18.
  71. Que uma oferta pela transgressão seja trazida por ter jurado falsamente e coisas semelhantes. Lev. v. 15, 21; xix. 20
  72. Oferecer um sacrifício segundo seus meios. Lev. v. 7, 11.
  73. Essa confissão de pecados seja feita diante do Senhor. Num. v. 7.
  74. Que um homem ou
  75. uma mulher que tenha um problema ofereça um sacrifício. Lev. xv. 13, 28.
  76. Que um leproso depois de ser limpo traga uma oferta. Lev. xiv. 10
  77. Que uma mulher ofereça um sacrifício após o parto. Lev. xii. 6
  78. Para dar o dízimo ao gado. Lev. xxvii. 32
  79. Para sacrificar os primogênitos do gado limpo. Deut. xv. 19
  80. Para resgatar o primogênito do homem. Num. xviii. 15
  81. Para resgatar o primogênito de um jumento e quebrar o pescoço;
  82. se o animal não for redimido. Ex. xiii. 13
  83. Para trazer todas as ofertas para Jerusalém. Deut. xii. 5, 6.
  84. Oferecer todos os sacrifícios no templo. Deut. xii. 14
  85. Para trazer ao templo também as ofertas de além da terra de Israel. Deut. xii. 26
  86. Para resgatar os animais sagrados que têm manchas. Deut. xii. 15
  87. Que uma besta trocada por uma oferta é santa. Lev. xxvii. 10
  88. Que o restante das ofertas de carne seja comido. Lev. vi. 16
  89. Que a carne do pecado e das ofertas de transgressão sejam comidas. Ex. xxix. 33
  90. Queimar carne consagrada que se tornou impura;
  91. também o restante da carne consagrada que não é comida. Lev. vii. 17, 19.
  92. Que o nazireu sofra com o crescimento de seu cabelo durante a separação,
  93. e o barbeie no final de sua vida nazireu. Num. vi. 5, 9.
  94. Que um homem mantenha seu voto. Deut. xxiii. 23
  95. Que o juiz aja de acordo com a lei na anulação de votos. Num. xxx. 3
  96. Que todos os que tocam em uma carcaça são impuros. Lev. XI. 34
  97. Que oito espécies de animais contaminam. Lev. XI. 39
  98. Esse alimento está contaminado pelo contato com coisas impuras. Lev. XI. 34
  99. Que uma mulher menstruada contamina. Lev. xv. 19
  100. Que uma mulher deitada é impura. Lev. xii. 2
  101. Que um leproso é impuro e contamina os outros. Lev. xiii. 3
  102. Que uma roupa leprosa;
  103. uma casa leprosa contaminam. Lev. xiii. 47, xiv. 35
  104. Que um homem;
  105. uma mulher com problemas de funcionamento contamina;
  106. assim como a semente da cópula. Lev. xv. 2, 16, 28.
  107. Que um cadáver contamina. Num. xix. 14
  108. Que a água da separação contamina os limpos, limpando apenas os impuros da poluição dos mortos. Num. xix. 26
  109. Purificar da impureza lavando em água corrente. Lev. xv. 16
  110. Que a lepra seja purificada com madeira de cedro, etc .;
  111. que o leproso raspe todos os seus cabelos;
  112. rasgue suas vestes. Lev. xiii. 45; xiv. 2, 9.
  113. Queimar uma novilha vermelha e preservar suas cinzas. Num. xix. 9
  114. Pagar o equivalente a um voto "singular". Lev. xxvii. 2
  115. Aquele que fizer um animal impuro;
  116. a sua casa;
  117. o seu campo, pagará a quantia indicada, ou como o sacerdote mandará. Lev. xxvii. 11, 14, 16.
  118. Que ele fará a restituição que transpassa pela ignorância nas coisas sagradas. Lev. v. 16.
  119. 119. Que as plantações no quarto ano serão santas. Lev. xix. 24
  120. Para deixar aos pobres os cantos do campo sem as coletas;
  121. as colheitas da colheita;
  122. o molho esquecido;
  123. as colheitas na vinha;
  124. o resto das uvas. Lev. xix. 9, 10; Deut. xxiv. 19
  125. Trazer as primícias para o santuário. Ex. xxiii. 19
  126. Dar a grande oferenda ao sacerdote. Deut. xviii. 4
  127. Separar o dízimo de milho para os levitas. Num. xviii. 24; Lev. xxvii. 30
  128. Separar um segundo dízimo e comê-lo em Jerusalém. Deut. xiv. 22
  129. Que os levitas devem dar o dízimo do dízimo ao sacerdote. Num. xviii. 26
  130. Separar o dízimo para os pobres no terceiro e no sexto ano, e não no segundo. Deut. xiv. 28.
  131. Para recitar o capítulo sobre o dízimo;
  132. lê-lo sobre o primeiro fruto. Deut. xxvi. 5, 13.
  133. Separar para o padre um bolo do primeiro da massa. Num. xv. 20
  134. Deixar o campo descansar a cada sete anos;
  135. deixar de lavrar o solo. Ex. xxiii. 11, xxxiv. 21
  136. Para santificar o ano do jubileu, descansando;
  137. para tocar a trombeta no ano do jubileu;
  138. para conceder uma redenção para a terra naquele ano. Lev. xxv. 9, 10, 24.
  139. Permitir que uma casa vendida em uma cidade murada seja resgatada no decorrer do ano. Lev. xxv. 29
  140. Para numerar os anos do jubileu anual e septennially. Lev. xxv. 8
  141. Libertar todas as dívidas no sétimo ano. Deut. xv. 2
  142. Explicar a dívida de um estrangeiro. Deut. xv. 3
  143. Dar ao sacerdote sua parte dos sacrifícios de gado. Deut. xviii. 3
  144. Dar o primeiro do velo ao sacerdote. Deut. xviii. 4
  145. Discriminar entre o que pertence ao Senhor e o que para o sacerdote. Lev. xxvii. 21, 28.
  146. Para realizar o modo certo de abater animais. Deut. xii. 23
  147. Para cobrir o sangue de feras e pássaros. Lev. xvii. 13
  148. Libertar a ave mãe ao tomar um ninho. Deut. xxii. 7
  149. Buscar diligentemente as marcas em animais limpos;
  150. aves;
  151. gafanhotos;
  152. peixes. Lev. XI. 2; Deut. xiv. 11; Lev. XI. 9
  153. Que o Sinédrio santifique a lua nova e calcule os anos e meses. Ex. xii. 2
  154. Para descansar;
  155. santificar o sábado. Ex. xx. 8 e xxiii. 12
  156. Para remover o fermento. Ex. xii. 15
  157. Relacionar a história do Êxodo;
  158. comer pão sem fermento na noite da Páscoa. Ex. xii. 18, xiii. 8
  159. Para descansar no primeiro;
  160. no sétimo dia da Páscoa. Ex. xii. 16
  161. Considerar quarenta e nove dias desde o tempo do corte do primeiro maço. Lev. xxiii. 15
  162. Para descansar em Shebu'ot;
  163. no primeiro dia de Tishri. Lev. xxiii. 24
  164. Para jejuar;
  165. descansar no Dia da Expiação. Lev. xvi. 29, xxiii. 32
  166. Para descansar no primeiro;
  167. no oitavo dia de Sucot. Lev. xxiii. 35, 36.
  168. Habitar nas tendas no sete dias. Lev. xxiii. 42.*REVISÃO
  169. Para pegar os quatro tipos de ramos de árvores. Lev. xxiii. 40.
  170. Para ouvir o som da trombeta no primeiro de Tishri. Num. xxix. 1
  171. Dar metade de um shekel a cada ano como resgate. Ex. xxx. 13
  172. Obedecer ao profeta de cada geração se ele não acrescentar nem tirar os estatutos. Deut. xviii. 15
  173. Para nomear um rei. Deut. xviii. 15
  174. Obedecer à autoridade do Sinédrio. Deut. xvii. 11
  175. Ceder à maioria em caso de divisão. Ex. xxiii. 2
  176. Nomear juízes em todas as cidades. Deut. xvi. 18
  177. Administrar julgamento imparcialmente. Lev. xix. 15
  178. Que quem possui provas deve testemunhar em tribunal. Lev. v. 1.
  179. Examinar as testemunhas diligentemente. Deut. xiii. 14
  180. Fazer com falsas testemunhas, como eles mesmos planejaram fazer aos outros. Deut. xix. 19
  181. Decapitar a novilha como ordenada. Deut. xxi. 4
  182. Estabelecer seis cidades de refúgio. Deut. xix. 3
  183. Dar cidades para os levitas por habitações. Num. xxxv. 2
  184. Para fazer ameias nos telhados. Deut. xxii. 8
  185. Para destruir os idólatras;
  186. queimar a cidade deles. Deut. xii. 2 xiii. 16
  187. Para destruir as sete nações cananéias. Deut. xx. 17
  188. Para apagar
  189. a lembrança de Amaleque. Deut. xxv. 17, 19.
  190. Observar um determinado procedimento em batalha voluntária. Deut. xx. 10
  191. Para ungir o padre para a guerra. Deut. xx. 2
  192. Manter o acampamento puro;
  193. em condições sanitárias. Deut. xxiii. 12, 13.
  194. Para restaurar o saque. Lev. vi. 4
  195. Dar esmola. Deut. xv. 8, 11.
  196. Dar presentes liberais a um servo hebreu livre. Deut. xv. 14
  197. Emprestar aos pobres. Deut. xv. 8
  198. Emprestar usura a idólatras. Deut. xxiii. 21
  199. Para restaurar uma promessa ao seu dono. Deut. xxiv. 13
  200. Pagar a um mercenário o seu salário quando devido;
  201. permitir que ele coma durante o trabalho. Deut. xxiv. 15, 24, 25.
  202. Para ajudar
  203. a besta do vizinho. Ex. xxiii. 5; e Deut. xxii. 4
  204. Para restaurar a propriedade perdida. Deut. xx. 1
  205. Para repreender o pecador. Lev. xix. 17
  206. Amar os filhos da aliança. Lev. xix. 18
  207. Amar o estranho. Deut. x. 19
  208. Ter apenas balanços e pesos. Lev. xix. 36
  209. Honrar os sábios. Lev. xix. 32
  210. Para honrar os pais. Ex. xx. 12
  211. Temer os pais. Lev. xix. 3
  212. Perpetuar a espécie humana pelo casamento. Gen. i. 28.
  213. Para levar uma vida de casada pura. Deut. xxiv. 5
  214. Que o noivo se alegra por um ano com sua esposa. Deut. xxiv. 1
  215. Circuncidar os machos. Gen. xvii. 10; Lev. xii. 3
  216. Casar com a esposa de um irmão falecido;
  217. dar ḤALIZAH em caso de se recusar a fazê-lo. Deut. xxv. 5, 9.
  218. Que o violador de uma virgem deve se casar com ela;
  219. ele não pode afastá-la todos os seus dias. Deut. xxii. 29
  220. Que o sedutor pague uma penalidade. Ex. xxii. 16
  221. Que belas mulheres cativas não devem ser vendidas, etc. Deut. xxi. 11
  222. Para se divorciar por um contrato escrito. Deut. xxiv. 1
  223. Que a suspeita de adúltera seja submetida a julgamento de ciúmes. Num. v. 30.
  224. Para vencer os ímpios. Deut. xxv. 2
  225. Exilar o homicídio por ignorância. Num. xxxv. 25
  226. Que as execuções sejam efetuadas por meio da espada;
  227. estrangulamento;
  228. fogo;
  229. apedrejamento;
  230. enforcamento. Ex. xxi. 20; Lev. xx. 14; Deut. xxi. 22, xxii. 24
  231. Para enterrar no mesmo dia, um condenado à morte. Deut. xxi. 23
  232. Para lidar com um servo hebreu de acordo com a lei. Ex. xxi. 2
  233. Para resgatar uma empregada;
  234. hebréia prometida Ex. xxi. 8
  235. Fazer o escravo não hebreu servir para sempre. Lev. xxv. 46
  236. Que aquele que fere outro pague uma multa. Ex. xxi. 18
  237. Para julgar os ferimentos a uma fera;
  238. por uma armadilha. Ex. xxi. 33
  239. Punir o ladrão com a morte ou obrigá-lo a fazer a restituição. Ex. xxi. 16, xxii. 1
  240. Para julgar em casos de invasão de gado;
  241. de ferimentos por fogo;
  242. de roubo de dinheiro ou bens deixados a cargo de um detentor não remunerado. Ex. xxii. 5-7.
  243. Para julgar as lesões causadas pelo mercenário;
  244. pelo mutuário. Ex. xxii. 10, 14.
  245. Julgar em disputas entre comprador e vendedor;
  246. entre autor e réu. Lev. xxv. 14; Ex. xxii. 9
  247. Para resgatar os perseguidos, mesmo ao custo da vida do opressor. Deut. xxv. 12
  248. Julgar em disputas relativas a heranças. Num. xxvii. 8

Mandamentos Proibitivos[editar | editar código-fonte]

  1. Crença na existência de alguém que não seja o único Deus. Ex. xx. 3
  2. Criar imagens com propósito de adoração;
  3. Fazer ídolos para outros adorarem;
  4. Fazer figuras humanas para outros adorarem. Ex. xx. 3, 4; xxxiv. 17
  5. Adoração de estrelas;
  6. Adoração de planetas. Ex. xx. 5
  7. Sacrificar crianças à Moloque. Lev. xviii. 21
  8. Necromancia;
  9. Consultar espíritos familiares. Lev. xix. 31
  10. Demonstrar respeito a serviços de adoração a estrelas e planetas. Lev. xix. 4
  11. Construir colunas;
  12. Construir colunas de pedras para adoração. Lev. xxvi. 1
  13. Plantar árvores dentro do Santuário. Deut. xvi. 21
  14. Jurar por um ídolo;
  15. Convocar o povo para a idolatria;
  16. Procurar persuadir um israelita a adorar ídolos. Ex. xxiii. 13. Deut. xiii. 11
  17. Amar uma pessoa que procura induzir ao erro da idolatria;
  18. Relaxar a aversão ao enganador;
  19. Salvar a vida do Sedutor. Deut. xiii. 8
  20. Defender;
  21. Ocultar evidências do sedutor pelo seduzido. Deut. xiii. 8
  22. Usar ornamentos de ídolos. Deut. vii. 25
  23. Reconstruir uma cidade destruída por idolatria;
  24. beneficiar-se com sua riqueza. Deut. xiii. 16, 17.
  25. Usar coisas pertencentes a ídolos ou idólatras, ou das provisões e libações oferecidas aos ídolos. Deut. vii. 26
  26. Profetizar em nome de um ídolo. Deut. xviii. 20
  27. Profetizar falsamente. Deut. xviii. 20
  28. Ouvir profecias em nome de um ídolo. Deut. xiii. 3
  29. Ter medo de um falso profeta ou impedir qualquer um de matá-lo. Deut. xviii. 22
  30. Andar à maneira dos idólatras e praticar seus ritos. Lev. xx. 23
  31. Sacrificar os filhos;
  32. Presságio;
  33. Oráculo;
  34. Encantamento;
  35. Agouro;
  36. Feitiçaria;
  37. Invocar os mortos;
  38. etc. Lev. xix. 26; Deut. xviii. 10, 11.
  39. Mulher usar roupas e adornos de homens;
  40. Homem usar roupas e adornos femininos. Deut. xxii. 5
  41. Tatuar o corpo da maneira dos idólatras. Lev. xix. 28.
  42. Usar vestes de lã e linho; Sha'aṭnez. Deut. xxii. 11
  43. Arrendondar as têmporas de nossas cabeças;
  44. Arrendondar a barba. Lev. xix. 27
  45. Lacerar-se pelos mortos. Deut. xiv. 1
  46. Fixar-se na terra do Egito permanentemente. Deut. xvii. 16
  47. Indulgência em pensamentos e vistas impuras. Num. xv. 39
  48. Pactuar com as sete nações;
  49. Preservar as sete nações. Ex. xxiii. 32
  50. Mostrar misericórdia;
  51. casar-se;
  52. permitir que os idólatras morem na terra. Ex. xxiii. 33; e Deut. vii. 2, 3
  53. Casar mulheres israelitas com moabitas e amonitas. Deut. xxiii. 3
  54. Recusar a admissão à congregação a um descendente de Esaú;
  55. E de um descendente de egípcio depois da terceira geração. Deut. xxiii. 7
  56. Oferecer paz aos amonitas e moabitas em tempo de guerra. Deut. xxiii. 6
  57. Destruir árvores frutíferas em tempo de guerra. Deut. xx. 19
  58. Temer os guerreiros hereges em tempo de guerra. Deut. iii. 22, vii. 21, xx. 3
  59. Esquecer o mal causado por Amaleque. Deut. xxv. 19
  60. Blasfemar o Santo Nome. Ex. xxii. 28.
  61. Violar um juramento, por mais imprudente que seja. Lev. xix. 12
  62. Levar o nome do Senhor em vão. Ex. xx. 7
  63. Profanar o nome do Santo. Lev. xxii. 32
  64. Por à prova o Senhor. Deut. vi. 16
  65. Destruir o santuário, sinagoga e escola, apagar o Santo Nome e Sagrada Escritura. Deut. xii. 2, 4
  66. Deixar o corpo de um criminoso pendurado após a execução. Deut. xxi. 23
  67. Interromper o zelo pelo santuário. Num. xviii. 5
  68. A entrada dos sacerdotes no santuário em determinados momentos;
  69. Sacerdotes com defeito;
  70. não podem ir além do altar;
  71. nem servir no santuário. Lev. xvi. 2, 23; xxi. 17, 21.
  72. O ministério dos levitas a serviço dos sacerdotes e vice-versa. Num. xviii. 3
  73. A entrada de pessoas intoxicadas no santuário, e o ensino da Lei pelo mesmo. Lev. x. 9
  74. Serviço no santuário por estranhos;
  75. por sacerdotes impuros;
  76. etc. Lev. xxii. 2; Num. xviii. 4
  77. Entrada na corte;
  78. no acampamento dos levitas por sacerdotes impuros. Num. v. 3; Deut. xxiii. 10
  79. A construção de um altar de pedra lavrada. Ex. xx. 25
  80. Ascensão por degraus até o altar. Ex. xx. 26
  81. Queimá-lo ou oferecê-lo no altar de ouro. Ex. xxx. 9
  82. Extinguir o fogo no altar. Lev. vi. 13
  83. Mau uso do óleo sagrado;
  84. do óleo da unção;
  85. do incenso sagrado. Ex. xxx. 32, 37.
  86. Remoção das varas da arca. Ex. xxv. 15
  87. Afrouxar o peitoral do éfode;
  88. rasgar a peça de roupa superior. Ex. xxviii. 32
  89. Sacrificar;
  90. Ofertar sacrifícios sem o Templo. Deut. xii. 13; Lev. xvii. 3, 4
  91. A santificação de animais imundos para a oferta;
  92. animais defeituosos para o sacrifício;
  93. espalhar o sangue de animais defeituosos sobre o altar;
  94. queimar as suas porções sacrificiais com defeito sobre o altar;
  95. uso de coisas manchadas para o sacrifício. Lev. xxii. 22, 24; Deut. xvii. 1
  96. A oferta de animais desonrosos dos gentios. Lev. xxii. 25
  97. A oferta de animais imperfeitos em sacrifício. Lev. xxii. 21
  98. Oferecer fermento ou mel;
  99. oferta sem sal;
  100. aluguel de uma prostituta ou o preço de um cão. Lev. ii. 11, 13; Deut. xxiii. 18
  101. Matar um animal e seus filhotes no mesmo dia. Lev. xxii. 28.
  102. Usar azeite;
  103. incenso na oferta do pecado;
  104. usar azeite;
  105. incenso na oferta de ciúmes. Lev. v. 11; Num. v. 15.
  106. Trocar um animal;
  107. a oferta do sacrifício. Lev. xvii. 26, xxvii. 10
  108. Redimir o primogênito de um animal limpo. Num. xviii. 17
  109. Vender o dízimo do rebanho. Lev. xxvii. 33
  110. A venda;
  111. o resgate de um campo dedicado. Lev. xxvii. 28
  112. A divisão da cabeça da ave em oferta pelo pecado. Lev. v. 3.
  113. Trabalhar com;
  114. ou tosar o primogênito. Deut. xv. 19
  115. Matar o cordeiro pascal enquanto houver fermento;
  116. deixar sua gordura;
  117. deixar qualquer parte de sua carne durante a noite. Ex. xii. 10 xxiii. 18
  118. Deixar qualquer oferta festiva até o terceiro dia. Deut. xvi. 4
  119. Deixar parte do segundo cordeiro pascal até a manhã. Num. ix. 12
  120. A preservação de qualquer parte da oferta de gratidão até a manhã. Ex. xii. 10
  121. Quebrar um osso do cordeiro pascal;
  122. Quebrar um osso do segundo cordeiro pascal. Ex. xii. 46; Num. ix. 12
  123. Tirar a oferta da Páscoa para fora da casa. Ex. xii. 46
  124. Permitir que os restos da oferta de carne fiquem levedados. Lev. vi. 17
  125. Comer o cordeiro pascal cru ou encharcado;
  126. permitir que ele seja comido por um estrangeiro;
  127. um incircunciso;
  128. um israelita apóstata. Ex. xii. 9, 43, 45, 48.
  129. Uma pessoa impura não pode comer de coisas sagradas;
  130. nem de coisas santas poluídas;
  131. nem daquilo que é deixado de sacrifícios;
  132. nem de sacrifícios que são poluídos. Lev. vii. 18, 19, 20; xix. 8
  133. O estrangeiro não pode comer da oferta sagrada;
  134. nem o estrangeiro com o sacerdote;
  135. nem com o empregado contratado, nem com um incircunciso;
  136. nem com um sacerdote imundo. Lev. xxii. 4, 10.
  137. A filha de um sacerdote casada com um estranho não pode comer das coisas sagradas. Lev. xxii. 12
  138. Comer a oferta de cereais do sacerdote;
  139. a oferta pelo pecado;
  140. a oferta consagrada que se contaminaram. Lev. vi. 23, 30; Deut. xiv. 3.
  141. Comer o segundo dízimo de milho;
  142. o de safra;
  143. o de óleo;
  144. o primogênito puro fora de Jerusalém. Deut. xii. 17.
  145. O consumo pelo sacerdote fora do Santuário da oferta pela transgressão do pecado;
  146. a carne do holocausto;
  147. sacrifícios mais leves antes do sangue ter sido aspergido. Deut. xii. 17
  148. Um estranho não pode comer da carne das coisas mais sagradas. Ex. xxix. 33
  149. O sacerdote não pode comer dos primeiros frutos antes de serem trazidos para o Santuário. Deut. xii. 17
  150. Comer algo não remido e impuro do segundo dízimo, ainda que em Jerusalém;
  151. Comer o segundo dízimo durante o luto em impureza. Deut. xxvi. 14
  152. Usar o dinheiro do segundo dízimo, exceto para comer e beber. Deut. xxvi. 14
  153. Comer o milho antes das oferendas e dízimos serem separados. Lev. xxii. 15
  154. Alterar a ordem em relação à oferta de ondas, primeiros frutos e o primeiro e segundo dízimos. Ex. xxii. 29
  155. O atraso dos votos e ofertas de livre arbítrio. Deut. xxiii. 21
  156. Participação na festa sem uma oferta. Ex. xxiii. 15
  157. A violação dos votos. Num. xxx. 2
  158. Um sacerdote casar-se com uma prostituta;
  159. profana (ḥalalah);
  160. divorciada. Lev. xxi. 7
  161. Um sacerdote casar-se com uma mulher viúva;
  162. levá-la como sua concubina. Lev. xxi. 14
  163. Sacerdotes entrarem no Santuário com a cabeça descoberta;
  164. roupas rasgadas. Lev. x. 6
  165. Sacerdotes deixarem o Santuário. Lev. x. 7
  166. Um sacerdote comum manchar-se por qualquer pessoa morta, exceto aquelas prescritas nas Escrituras
  167. Um sacerdote estar sob o mesmo teto com um corpo morto
  168. O sumo sacerdote manchar-se por qualquer pessoa morta
  169. Levitar adquirirem um pedaço de chão na terra de Israel
  170. Levitas dividirem os despojos da conquista na terra de Israel
  171. Arrancar os cabelos de um morto
  172. Comer um animal impuro
  173. Comer qualquer peixe impuro
  174. Comer qualquer ave impura
  175. Comer qualquer inseto saltitante alado
  176. Comer qualquer coisa que enxameia a terra
  177. Comer qualquer coisa rastejante que reproduz-se em material apodrecido
  178. Comer criaturas vivas que reproduzem-se em sementes ou frutas
  179. Comer qualquer coisa de enxame
  180. Comer NEVELAH
  181. Comer TEREFAH
  182. Comer um pedaço de uma criatura viva
  183. Comer um GID HÁ-NASHEH
  184. Comer sangue
  185. Comer a gordura de um animal limpo
  186. Cozer carne no leite
  187. Comer carne cozida no leite
  188. Comer carne de um boi apedrejado
  189. Comer pão feito do grão da nova safra
  190. Comer grão tostado do grão da nova safra
  191. Comer espigas frescas do grão
  192. Comer ORLAH
  193. Comer KILAI HÁ-KEREM
  194. Beber YAIN NESECH
  195. Comer e beber em excesso
  196. Comer no Yom Kippur
  197. Comer fermento durante a Páscoa
  198. Comer qualquer coisa contendo fermento durante a Páscoa
  199. Comer fermento depois do meio dia do dia quatorze de Nisan
  200. Fermento ser encontrado em nossas casas durante a Páscoa
  201. Possuir fermento durante a Páscoa
  202. Um nazireu beber vinho
  203. Um nazireu comer uvas frescas
  204. Um nazireu comer uvas secas
  205. Um nazireu comer as sementes de uvas
  206. Um nazireu comer as folhas secas de uvas
  207. Um nazireu contaminar-se por um morto
  208. Um nazireu contaminar-se por entrar numa casa contendo um defunto
  209. Um nazireu barbear-se
  210. Colher toda a safra
  211. Colher espigas de milho que caiam durante a colheita
  212. Recolher todo o produto da vinha no tempo da vindima
  213. Recolher as uvas caídas durante a vindima
  214. Retornar por um feixe esquecido
  215. Semear KILAYIM
  216. Semear grãos ou vegetais na vinha
  217. Acasalar animais de diferentes espécies
  218. Trabalhar com dois tipos de animais diferentes
  219. Impedir o animal de comer o produto enquanto ele está trabalhando
  220. Cultivar o solo no sétimo ano
  221. Podar árvores no sétimo ano
  222. Colher o que nasceu voluntariamente no sétimo ano como num ano comum
  223. Juntar o que nasceu como num ano comum
  224. Cultivar o solo no Ano do Jubileu
  225. Colher os renovos no Ano do Jubileu como num ano comum
  226. Juntar o fruto do Ano do Jubileu como num ano comum
  227. Vender nossas propriedades em Israel perpetuamente
  228. Vender as terras abertas dos levitas
  229. Desamparar os levitas
  230. Exigir pagamento de débitos depois do Ano Sabático
  231. Reter o empréstimo a ser cancelado no Ano Sabático
  232. Falhar em ajudar nossos próprios irmãos
  233. Mandar embora um escravo judeu de mãos vazias
  234. Exigir pagamento de um devedor que sabe-se não poder pagar
  235. Emprestar por interesse
  236. Tomar emprestado por interesse
  237. Participar de um empréstimo por interesse
  238. Oprimir um empregado atrasando o pagamento de seus salários
  239. Tomar garantia de um devedor à força
  240. Manter em garantia algo necessário à seu próprio dono
  241. Tomar garantia de uma viúva
  242. Tomar em garantia utensílios de cozinha
  243. Raptar um israelita
  244. Roubar dinheiro
  245. Cometer furto
  246. Alterar fraudulosamente os limites da terra
  247. Usurpar nossos débitos
  248. Repudiar nossos débitos
  249. Jurar falsamente para repudiar um débito
  250. Enganar um outro nos negócios
  251. Enganar um outro na conversa
  252. Enganar um prosélito na conversa
  253. Enganar um prosélito nos negócios
  254. Entregar um escravo fugitivo
  255. Enganar um escravo fugitivo
  256. Negociar asperamente com órfãos e viúvas
  257. Empregar um escravo hebreu em trabalhos degradantes
  258. Vender um escravo hebreu em audiência pública
  259. Empregar um escravo hebreu em trabalho desnecessário
  260. Permitir maus tratos a um escravo hebreu
  261. Vender uma escrava hebreia
  262. Afligir o esposo de uma escrava hebreia
  263. Vender uma mulher cativa
  264. Escravizar uma mulher cativa
  265. Planejar adquirir a propriedade de outro
  266. Cobiçar os pertences de outros
  267. Um trabalhador alugado comer grão em crescimento
  268. Um trabalhador alugado colocar em seus próprios vasos a colheita
  269. Ignorar propriedade perdida
  270. Deixar uma pessoa capturada
  271. Enganar em pesos e medidas
  272. Ter falsos pesos e medidas
  273. Um juiz cometer injustiças
  274. Um juiz aceitar presentes do litigantes
  275. Um juiz favorecer um litigante
  276. Um juiz ser dissuadido por temor de fazer um justo julgamento
  277. Um juiz decidir em favor de um homem pobre por pena
  278. Um juiz perverter um julgamento contra uma pessoa de má reputação
  279. Um juiz compadecer-se de alguém que assassinou um homem
  280. Um juiz perverter a justiça devida a prosélitos ou órfãos
  281. Um juiz ouvir um dos litigantes na ausência do outro
  282. Um júri convicto num caso capital por maioria de um
  283. Um juiz confiar na opção do próprio julgamento
  284. Apontar um juiz ignorante
  285. Levar falsas testemunhas
  286. Um juiz recebendo o testemunho de um homem perverso
  287. Um juiz recebendo o testemunho de uma única testemunha
  288. Convicção pelo testemunho de uma única testemunha
  289. Matar um ser humano
  290. Pena capital baseada em evidência circunstancial
  291. Uma testemunha agindo como advogado
  292. Matar um ladrão sem provas
  293. Poupar a vida de um perseguido
  294. Punir uma pessoa por um pecado cometido na prisão
  295. Aceitar resgate de uma pessoa que tenha cometido assalto intencional
  296. Aceitar resgate de uma pessoa que tenha cometido crime involuntário
  297. Negligenciar salvar um israelita em perigo de vida
  298. Permitir obstáculos em seu domínio público ou provado
  299. Dar notícia enganosa
  300. Infligir excessiva punição física
  301. Levar mentiras
  302. Odiar um ao outro
  303. Trazer vergonha sobre outro
  304. Trazer vingança sobre outro
  305. Ter rancor
  306. Pegar todo o ninho dos pássaros
  307. Cortar a ????
  308. Amputar ou cauterizar sinais de um leproso
  309. Arar um vale no qual o ritual de EGLAH ARUFAH tenha sido executado
  310. Permitir a um bruxo o amor
  311. Tirar um recém-casado de sua casa
  312. Diferir de autoridades tradicionais
  313. Acrescentar à Lei escrita ou oral
  314. Detratar a Lei escrita ou oral
  315. Amaldiçoar um juiz
  316. Amaldiçoar um governante
  317. Amaldiçoar um israelita
  318. Amaldiçoar os pais
  319. Agredir os pais
  320. Trabalhar no Shabat
  321. Viajar no Shabat
  322. Punir no Shabat
  323. Trabalhar no primeiro dia de Pesach
  324. Trabalhar no sétimo dia de Pesach
  325. Trabalhar em ATZERETH
  326. Trabalhar em Rosh Hashanah
  327. Trabalhar no primeiro dia de Sukkot
  328. Trabalhar em Shemini Atzereth
  329. Trabalhar em Yom Kippur
  330. Ter relações com a mãe
  331. Ter relações com a esposa do pai
  332. Ter relações com a irmã
  333. Ter relações com a filha da esposa do pai se ela é sua irmã
  334. Ter relações com a filha de um filho
  335. Ter relações com a filha de sua filha
  336. Ter relações com a filha
  337. Ter relações com uma mulher e sua filha
  338. Ter relações com uma mulher e a filha de seu filho
  339. Ter relações com uma mulher e a filha de sua filha
  340. Ter relações com a irmã de seu pai
  341. Ter relações com a irmã de sua mãe
  342. Ter relações com a esposa de um tio
  343. Ter relações com a esposa de um filho
  344. Ter relações com a esposa de um irmão
  345. Ter relações com a irmã de sua esposa durante os últimos dias de vida
  346. Ter relações com uma mulher menstruada
  347. Ter relações com a mulher de outro homem
  348. Homem Ter relações com um animal
  349. Mulher Ter relações com um animal
  350. Um homem relacionar-se carnalmente com outro macho
  351. Um homem relacionar-se carnalmente com seu pai
  352. Um homem relacionar-se carnalmente com o irmão de seu pai
  353. Intimidade com uma parenta
  354. Um MANZER Ter uma relação com um judeu
  355. Ter relações sem casar-se
  356. Casar-se novamente com uma mulher divorciada depois de ela Ter se casado de novo
  357. Ter relações com uma mulher sujeita ao casamento levirato
  358. Divorciar-se de uma mulher que tenha estuprado e tenha sido compelido a casar-se
  359. Divorciar-se de uma mulher após tê-la acusado falsamente a infamado
  360. Um homem incapaz de procriar casar-se com um judia
  361. Castração
  362. Eleger um rei não israelita
  363. Um rei possuir muitos cavalos
  364. Um rei possuir muitas mulheres
  365. Um rei Ter grande escolta pessoal

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

  1. a b c d e Beit Chabad Os 613 preceitos da Torá
  2. Talmud Babilônico, Tratado Makot 23b-24a. Como afirmado na Jewish Virtual Library: "Há um completo entendimento que essas 613 mitzvot podem ser quebradas em 248 mitzvot positivas (uma para cada osso e órgão do corpo masculino) e 365 mitzvot negativas (para cada dia do ano solar)".
  3. Talmud Babilônico, Tratado Sanedrin 74a
  4. HaCohen, Yisrael Meir. The Concise Book of Mitzvoth: The Commandments which can be Observed Today, Trans., Charles Wengrov. Feldheim, 1990.
  5. Talmud Babilônico, Tratado Kidushin 29a
  6. Talmud Babilônico, Tratado Makot 23b
  7. Deuteronômio 33:4
  8. Sifre, Deuteronômio 76
  9. Midrash Agadá de Gênesis 15:1
  10. Shemot Rabá 33:7
  11. Bamidbar Rabá 13:15–16; 18:21
  12. Talmud Babilônico, Tratado Yevamot 47b

Ligações externas[editar | editar código-fonte]