712 Boliviana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Boliviana
Número 712
Data da descoberta 19 de Março de 1911
Descoberto por Max Wolf
Categoria Cintura principal
Homenagem a Simón Bolívar
Precedido por 711 Marmulla
Sucedido por 713 Luscinia
Elementos orbitais
Semieixo maior 2,575 UA
Periélio 2,08965315 UA
Afélio 3,05803968 UA
Excentricidade 0,1881205
Período orbital 1 508,21 d (4,13 a)
Velocidade orbital 18,56527691 km/s
Anomalia média 123,4 °
Inclinação 12,78148685°
Longitude do nó ascendente 230,8 °
Argumento do periastro 181,7 °
Características físicas
Dimensões 127,57 km
Magnitude absoluta 11,732
Albedo 0,051


Boliviana (asteróide 712) é um asteróide da cintura principal com um diâmetro de 127,57 quilómetros, a 2,08965315 UA. Possui uma excentricidade de 0,1881205 e um período orbital de 1 508,21 dias (4,13 anos).

Boliviana tem uma velocidade orbital média de 18,56527691 km/s e uma inclinação de 12,78148685º.[1]

Esse asteróide foi descoberto em 19 de Março de 1911 por Max Wolf.

Deve o seu nome a Simón Bolívar, Estadista sul-americano e figura central das guerras de independência da América Espanhola do Império Espanhol.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

710 Gertrud | 711 Marmulla | 712 Boliviana | 713 Luscinia | 714 Ulula

Referências

  1. «712 Boliviana» (em inglês). NASA. Consultado em 22 de dezembro de 2013