90 nanômetros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fabricação
de dispositivos
semicondutores

4-fach-NAND-C10.JPG

90 nanômetros (90 nm)  refere-se a um processo ao nível da tecnologia CMOS , que foi alcançado no período 2004-2005, pela maioria das principais empresas de semicondutores, como Intel, AMD, Infineon, Texas Instruments, IBM, e TSMC.

A origem dos 90 nm tem valor histórico, pois reflete uma tendência de  70% de redimensionamento do processo de construção a cada 2-3 anos. A nomeação é formalmente determinados pelo International Technology Roadmap for Semiconductors (ITRS).

Ainda mais significativamente,um wafer de 300mm do tamanho tornou-se o carro chefe na década dos CI's de 90 nm. Anteriormente o tamanho da bolacha era 200 mm de diâmetro.

Exemplo: Elpida 90 nm DDR2 SDRAM[1][editar | editar código-fonte]

  • Usa um wafer de 300mm de tamanho
  • Uso de KrF (248 nm) litografia com correção óptica de proximidade
  • 512 Mbit
  • 1.8 V
  • Derivado do anterior 110 nm e 100 nm processos

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Elpida's presentation at Via Technology Forum 2005 and Elpida 2005 Annual Report

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por:
130 nm
processos de fabricação CMOS Sucedido por:
65 nm