ADM-Aeolus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
ADM-Aeolus
ADM-Aeolus model.jpg
Operação Agência Espacial Europeia

Alemanha DLR  • França CNES  • Itália ASI  • Reino Unido UKSA  • RússiaRoscosmos  • Suécia AES  • Ucrânia SSAU

Tipo de missão Satélite meteorológico
Contratante União Europeia
Lançamento 22 de agosto de 2018, 21:20 UTC[1]
Local FrançaKourou ELV
Duração da missão 3 anos (planejada)
Massa 1.200 kg
Site oficial https://www.esa.int/Our_Activities/Observing_the_Earth/Aeolus
Elementos orbitais
Inclinação 97,0°
Apoastro 320 km
Periastro 320 km


ADM-Aeolus, sigla de Atmospheric Dynamics Mission Aeolus, é um Satélite artificial construido pela Airbus Defence and Space e lançado ao espaço em 22 de agosto de 2018.[1] O ADM-Aeolus consiste no primeiro satélite capaz de medir a direção e intensidade dos ventos em diferentes níveis da atmosfera, providenciando melhoria da qualidade dos dados inseridos nos modelos de previsão de tempo e do clima.[2]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome da missão tem origem do fato de que, na mitologia grega, Aeolus é o nome da divindade controladora dos ventos.[3]

Missão[editar | editar código-fonte]

O Aeolus tem como principal objetivo proporcionar incremento no conhecimento referente à dinâmica dos sistemas atmosféricos terrestres. Para atingir tal meta, irá registrar e monitorar parâmetros dos ventos em diferentes altitudes, capturando dados relacionados à velocidade e direção dos ventos desde a superfície do planeta até a estratosfera. Tais dados serão inseridos em modelos meteorológicos com o objetivo de refinar seus algorítimos possibilitando melhoria na qualidade dos resultados dos modelos numéricos de previsão de tempo. Adicionalmente, os dados da missão serão utilizados para aumentar os conhecimentos científicos em relação à ampla gama de fenômenos meteorológico-climáticos tais como propagação e dispersão da poluição atmosférica e mudanças climáticas.

Equipamentos embarcados[editar | editar código-fonte]

Os dados relacionados aos perfis de vento são coletados pelo equipamento denominado Atmospheric LAser Doppler INstrument (ALADIN).

O ALADIN é um detector de laser ultravioleta do tipo LIDAR, composto de três principais elementos: um transmissor, medidores de espalhamento das radiações refletidas por meio de interferometria e um telescópio Cassegrain com lente de 1,5 metros de diâmetro[4]


Referências

  1. a b «Aeolus Fuelled». ESA. Consultado em 5 de agosto de 2018 
  2. «Tellus A: Special issue with manuscripts related to ESA's Atmospheric Dynamics Mission/Aeolus». Bibcode:2008TellA..60..189K. doi:10.1111/j.1600-0870.2007.00296.x 
  3. esa. «Introducing Aeolus». European Space Agency (em inglês) 
  4. «ADM-Aeolus (Atmospheric Dynamics Mission)». ESA. Consultado em 30 de maio de 2015