AEG B.I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
B.I
Avião
Descrição
Tipo / Missão Aeronave de reconhecimento, com motor a pistão, monomotor biplano
País de origem  Alemanha
Fabricante AEG
Primeiro voo em 1914 (105 anos)
Introduzido em 1914
Tripulação 2
Notas
Usado pela Luftstreitkräfte

O AEG B.I foi um avião de reconhecimento biplano, monomotor alemão de dois lugares (sem armamento) utilizado pela Luftstreitkräfte na Primeira Guerra Mundial, a partir de 1914.[1]

O modelo inicial, o B, que usava um motor N.A.G de 75 hp, foi construído em 1913 (apenas dois). O modelo B.I formou a base dos modelos mais bem sucedidos que viriam à seguir, os B.II e B.III e os da série C.[1]

Especificação[editar | editar código-fonte]

Estas são as características do AEG B.I[2]

  • Características gerais:
    • Tripulação: 2
    • Comprimento: 10,5 m
    • Envergadura: 14,5 m
    • Área da asa: 44 m²
    • Peso vazio: 650 kg
    • Peso máximo na decolagem: 1.040 kg
    • Motor: 1 x Mercedes D.I, um 6 cilindros em linha, refrigerado à água, de 100 hp.
  • Performance:
    • Velocidade máxima: 100 km/h
    • Teto de Serviço: 2.500 m
    • Carga alar: 24 kg/m²
  • Armamento:
    • Avião desarmado

Ver também[editar | editar código-fonte]

Aeronave de comparável missão, configuração e era

Referências

  1. a b AEG B.I / B.II / B.III
  2. Kroschel and Stützer 1977.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Günter Kroschel, Helmut Stützer: Die deutschen Militärflugzeuge 1910 – 1918. Lohse-Eissing, Wilhelmshaven 1977, ISBN 3-920602-18-8.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre AEG B.I
Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.