AEG G.IV

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
AEG G.IV
Bombardeiro
Descrição
Tipo / Missão Bombardeiro leve, monomotor à pistão, biplano
País de origem  Alemanha
Fabricante AEG
Período de produção 1916–1918
Quantidade produzida 320 unidade(s)
Desenvolvido de AEG G.III
Primeiro voo em 1916 (102 anos)
Introduzido em 1916
Aposentado em 1918
Tripulação 3
Especificações
Dimensões
Comprimento 9,70 m (31,8 ft)
Envergadura 18,40 m (60,4 ft)
Altura 3,90 m (12,8 ft)
Área das asas 67  (721 ft²)
Alongamento 5.1
Peso(s)
Peso vazio 2,400 kg (5,29 lb)
Peso carregado 3,630 kg (8,00 lb)
Propulsão
Motor(es) 2 × Mercedes D.IVa de 6 cilindros, refrigerado a água
Potência (por motor) 260 hp (194 kW)
Performance
Velocidade máxima 165 km/h (89,0 kn)
Autonomia 4-5 h(s)
Teto máximo 4,500 m (14,8 ft)
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 2x metralhadoras 7,62mm
Bombas 400kg de bombas

O AEG G.IV foi um bombardeiro bimotorbiplano, fabricado pela AEG e utilizado durante a Primeira Guerra Mundial pelo Império Alemão.[1]

Ele foi desenvolvido a partir do AEG G.III, com melhorias em potência, capacidade de carga de bombas e dimensões. Entrou em serviço no final de 1916, com uma capacidade de bomba de duas vezes maior que a do AEG G.II,[1] mas ainda assim foi considerada inadequada em termos de capacidade e desempenho ofensivo.

Outras melhorias levou ao desenvolvimento do GV, mas o armistício veio antes da substituição, que poderia tornar-lo operacional.

Servindo no final da guerra, a AEG G.IV conseguiu alcançar algum sucesso operacional em papéis de reconhecimento e de combate.

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre AEG G.IV
Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.