ATP Cup de 2021

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
ATP Cup de 2021
Data: 1º a 5 de fevereiro
Edição:
Categoria: Disputa por equipes
Piso: duro
Premiação: US$ 7 500 000
Local: Rod Laver Arena (Melbourne Park)
Melbourne, Austrália
Campeão
País
 Rússia
Capitão
Evgeny Donskoy
Jogadores
Evgeny Donskoy
Aslan Karatsev
Daniil Medvedev
Andrey Rublev
ATP Cup
< 2020 2022 >

A ATP Cup de 2021 é a segunda edição da ATP Cup, competição internacional de tênis masculino em quadras duras, organizado pela Associação de Tenistas Profissionais (ATP). Será realizada com 12 equipes na Rod Laver Arena, dentro do Melbourne Park, em Melbourne, na Austrália, de 1º a 5 de fevereiro de 2021.[1][2]

Originalmente, aconteceria com 24 equipes, distribuídas em jogos nas cidades de Brisbane, Perth e Sydney na primeira semana de 2021, mas foi alterada devido à pandemia de COVID-19.[3] Com a final entre Rússia e Itália na Rod Laver Arena do complexo do Aberto da Austrália, em Melburne, Andrey Rublev e Daniil Medvedev venceram no sábado do dia 6 de fevereiro os adversários Fabio Fognini e Matteo Berrettini, respectivamente, tendo vencido todas as partidas disputadas de simples.[4][5]

Pontuação e premiação[editar | editar código-fonte]

Por conta da pandemia de COVID-19, o torneio sofreu redução de 40% da premiação em dinheiro e dará menos pontos nesta edição.[6][7]

Distribuição de pontos[editar | editar código-fonte]

Modalidade Jogador
ranqueado
Fase Pontos por vitória vs. oponente ranqueado
No. 1–10 No. 11–20 No. 21–30 No. 31–50 No. 51–100 No. 101–250 No. 251+
Simples No. 1–250 Final 220 180 140 100 75 45 30
Semifinal 150 130 100 70 45 30 20
Fase de grupos 75 65 50 35 25 20 15
No. 251+ Final 55 45 30
Semifinal 45 30 20
Fase de grupos 25 15 10
Duplas Qualquer
ranking
Final 100
Semifinal 75
Fase de grupos 50
  • Máximo de 500 pontos por invencibilidade de jogador de simples e 250 para duplista.

Premiação[editar | editar código-fonte]

Individual[editar | editar código-fonte]

Vitória em 1ª vitória em simples 2ª vitória em simples Vitória em duplas (por jogador)
Final US$ 191 700 US$ 135 000 US$ 37 000
Semifinal US$ 103 800 US$ 70 800 US$ 21 000
Fase de grupos US$ 30 000 US$ 21 000 US$ 6 000
  • Se o confronto for decidido na segunda partida de simples, o duelo de duplas não será disputado e o dinheiro será dividido igualmente entre os membros das duas equipes.

Equipe[editar | editar código-fonte]

Vitória em Por jogador
Final US$ 30 000
Semifinal US$ 18 000
Fase de grupos US$ 6 000
  • Todos os jogadores (3 a 5) - independentemente de jogarem ou não - recebem a mesma quantia por vitória de sua equipe.

Obs.: não inclui cachês de participação.

Entradas[editar | editar código-fonte]

Onze países se classificaram baseados no ranking da ATP, selecionando o posicionamento dos jogadores em simples, de 4 de janeiro de 2021 e seu comprometimento em participar do evento. O país-sede, a Austrália, recebeu um convite (WC).[8][9] A Suíça ficou fora como equipe classificada após o número 5 do mundo Roger Federer desistir por uma lesão no joelho direito.[10]

País Jogador 1 Jogador 2 Jogador 3 Jogador 4 Capitão
 Alemanha Alexander Zverev Jan-Lennard Struff Kevin Krawietz Andreas Mies Mischa Zverev
 Argentina Diego Schwartzman Guido Pella Horacio Zeballos Máximo González Diego Schwartzman
 Austrália (WC) Alex de Minaur John Millman John Peers Luke Saville Lleyton Hewitt
 Áustria Dominic Thiem Dennis Novak Philipp Oswald Tristan-Samuel Weissborn Wolfgang Thiem
 Canadá Denis Shapovalov Milos Raonic Peter Polansky Steven Diez Peter Polansky
 Espanha Rafael Nadal Roberto Bautista Agut Marcel Granollers Pablo Carreño Busta Pepe Vendrell
 França Gaël Monfils Benoît Paire Nicolas Mahut Édouard Roger-Vasselin Richard Ruckelshausen
 Grécia Stefanos Tsitsipas Michail Pervolarakis Markos Kalovelonis Petros Tsitsipas Apostolos Tsitsipas
 Itália Matteo Berrettini Fabio Fognini Simone Bolelli Andrea Vavassori Vincenzo Santopadre
 Japão Kei Nishikori Yoshihito Nishioka Ben McLachlan Toshihide Matsui Max Mirnyi
 Rússia Daniil Medvedev Andrey Rublev Aslan Karatsev Evgeny Donskoy Evgeny Donskoy
 Sérvia Novak Djokovic Dušan Lajović Filip Krajinović Nikola Čačić Viktor Troicki

Fase de grupos[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: ATP Cup de 2021 - Fase de grupos

Fase final[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: ATP Cup de 2021 - Fase final
 
SemifinaisFinal
 
      
 
6 de fevereiro
 
 
[6]  Alemanha1
 
7 de fevereiro
 
[4]  Rússia2
 
[4]  Rússia2
 
6 de fevereiro
 
[8]  Itália0
 
[8]  Itália3
 
 
[2]  Espanha0
 

Final[editar | editar código-fonte]

Rússia vs. Itália[editar | editar código-fonte]

Rússia
Rússia
2
Melbourne, Austrália
7 de fevereiro
Rod Laver Arena
Itália
Itália
0
1 2 3 4 5
1 Rússia
Itália
Andrey Rublev
Fabio Fognini
6
1
6
2
   
2 Rússia
Itália
Daniil Medvedev
Matteo Berrettini
6
4
6
2
   
3 Rússia
Itália
Evgeny Donskoy / Aslan Karatsev
Simone Bolelli / Andrea Vavassori
      não
jogado
4 Rússia
Itália
5 Rússia
Itália

Referências

  1. «ATP announces update Q1 calendar» (em inglês). atptour.com. Cópia arquivada em 6 de janeiro de 2021 
  2. «Shortened ATP Cup coming after men's tour confirms Australian Open dates» (em inglês). theage.com.au. 17 de dezembro de 2020 
  3. «ATP Cup 2021 confirmed for February» (em inglês). atpcup.com. 19 de dezembro de 2020 
  4. Ltda, Inner Editora. «Medvedev e Rublev detonam e Rússia conquista a ATP Cup · Revista TÊNIS». Revista TÊNIS. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  5. Ltda, Inner Editora. «ATP Cup: Rússia e Itália fazem a grande final do torneio entre nações · Revista TÊNIS». Revista TÊNIS. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  6. «ATP Cup vai oferecer menos pontos para o ranking em 2021». bolamarela.pt. 25 de dezembro de 2020 
  7. «ATP Cup Prize Money 2021» (em inglês). perfect-tennis.com. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2021 
  8. «Djokovic, Nadal Lead Field For 2021 ATP Cup» (em inglês). atptour.com. 4 de janeiro de 2021 
  9. «Qualified countries» (em inglês). atptour.com. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2021 
  10. «Sem Federer, Suíça dá lugar ao Canadá na ATP Cup». tenisbrasil.com.br. 30 de dezembro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]