A Última Valsa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A última Valsa
Informação geral
Formato Telenovela
Criador(es) Glória Magadan
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Daniel Filho
Fábio Sabag
Elenco Cláudio Marzo
Theresa Amayo
Norma Blum
Rubens de Falco
ver mais
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Transmissão original 7 de janeiro de 1969 - 5 de junho de 1969
N.º de episódios 103
Cronologia
A Gata de Vison
A Ponte dos Suspiros

A Última Valsa é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida entre 7 de janeiro a 5 de junho de 1969 às 21h30.[1] Foi a 10ª "novela das dez" exibida pela emissora.

Escrita por Glória Magadan e dirigida por Daniel Filho e Fábio Sabag.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Na Áustria, no século XIX, os dramas da vida do Duque de Olemberg (Cláudio Marzo).

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Cláudio Marzo Duque de Olemberg
Theresa Amayo Yolanda
Norma Blum Clara de Olemberg
Glauce Rocha Kathy Ambross
Rubens de Falco Imperador Francisco José
Edson Silva Toulouse-Lautrec
Geraldo Del Rey Arquiduque Rodolfo
Sônia Ferreira Marie
Paulo Padilha Príncipe Ester
Zilka Salaberry Lorena
Betty Faria Marion
Françoise Forton
Joana Fomm

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Ao final da telenovela, o ator Cláudio Marzo declarou: "Esse Duque de Olemberg é um fracasso!"

Referências

  1. «A última Valsa». Teledramaturgia. Consultado em 16 de dezembro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.