Noah's Ark (filme de 1928)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de A Arca de Noé (1928))
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2017)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Noah's Ark
 Estados Unidos
1928 •  p&b •  135 min 
Direção Michael Curtiz
Elenco Dolores Costello
George O'Brien
Noah Beery
Louise Fazenda
Gênero drama
Distribuição Warner Bros.
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Noah's Ark é um filme norte-americano de 1928, parcialmente mudo, do gênero drama de guerra, dirigido por Michael Curtiz e estrelado por Dolores Costello e George O'Brien.

A produção[editar | editar código-fonte]

Durante a filmagem da cena do dilúvio, o volume de água usado era tão esmagador (600 mil galões) que causou a morte de três figurantes, outros sofreram rupturas ósseas e ferimentos graves, inclusive um membro precisou ter suas pernas amputadas devido aos ferimentos. A ocasião levou à implementação de normas de segurança de dublê no ano seguinte.[1][2] Dolores Costello foi vítima de um grave caso de pneumonia por conta do ocorrido. Trinta e cinco ambulâncias participaram do incidente.[3][4]

Em primeira instância, o filme foi filmado como mudo, mas teve sua estreia adiada para incorporar alguns diálogos, tendo em vista o sucesso de The Jazz Singer, realizado no ano anterior.[4][5]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em viagem de trem às vésperas da Primeira Guerra Mundial, a jovem alemã Mary e o norte-americano Travis apaixonam-se. Após um acidente, os dois refugiam-se em um hotel, onde Mary sofre o assédio do militar russo Nickoloff, que é repelido por Travis. {Ano|Anos]] mais tarde, já no fim da guerra, os três voltam a se encontrar, em uma pequena cidade da França. Ali, Nickoloff acusa Mary de ser espiã. Condenada à morte por fuzilamento, Mary é salva por Travis, agora seu marido. Essa história é contada concomitantemente com o Dilúvio bíblico, onde Mary é Míriam e Travis, Jafé, um dos filhos de Noé.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Dolores Costello Mary / Miriam
George O'Brien Travis / Jafé
Noah Beery Nickoloff / Rei Nefilo
Louise Fazenda Hilda / Taverneira
Guinn 'Big Boy' Williams Al / Cam
Paul McAllister Ministro / Noé
Mirna Loy Dançarina / Escrava

Referências

  1. Baxter, John O. (1974). Stunt; the story of the great movie stunt men. Garden City, N.Y: Doubleday. ISBN 0-385-06520-5 
  2. «A ARCA DE NÓE E DOLORES COSTELLO». 2 de março de 2010. Consultado em 3 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 19 de dezembro de 2014 
  3. Vogel, Michelle (2010). Olive Borden: The Life and Films of Hollywood's Joy Girl. Garden City, N.Y: Mcfarland 
  4. a b Michael Toole. «NOAH'S ARK» (em inglês). Consultado em 3 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 2 de junho de 2017 
  5. WOLLSTEIN, Hans J. «Noah's Ark». AllMovie. Consultado em 9 de março de 2013 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • «John Wayne». EBAL. Cinemin. 5 (3). 1984 
  • Cimó, José Eduardo (1994). «John Wayne». edição de autor. Fã-zine (16) 
  • Rodrigues da Silva, Divino (1997). «Edição Especial Dedicada a John Wayne». edição de autor. Matinê (17) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]