A Canção de Bernadette

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
The Song of Bernadette
A Canção de Bernadette (PT/BR)
 Estados Unidos
1943 •  pb •  156 min 
Direção Henry King
Produção William Perlberg
Roteiro Franz Werfel (livro)
George Seaton
Elenco Jennifer Jones
Linda Darnell
Charles Bickford
Vincent Price
Gênero drama
biografia
Música Alfred Newman
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Song of Bernadette (no Brasil e em Portugal, A Canção de Bernadette) é um filme norte-americano de 1943, do gênero drama biográfico, dirigido por Henry King para a Twentieth Century-Fox. Estrelado por Jennifer Jones e Linda Darnell e baseado no romance homônimo de Franz Werfel.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em 1858, na França, a camponesa Bernadette Soubirous tem visões da Virgem Maria em Lourdes — local de peregrinação católica até hoje. Baseado no romance de Franz Werfel, "A Canção de Bernadette" é uma simpática e venerável história que conta a vida de Santa Bernadete Soubirous.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar (1944)

Vencedor nas categorias
-Melhor atriz (Jennifer Jones)
-Melhor direção de arte
-Melhor fotografia em preto-e-branco (Arthur C. Miller)
-Melhor trilha sonora (Alfred Newman)
Indicado nas categorias
-Melhor edição
-Melhor filme
-Melhor som
-Melhor ator coadjuvante (Charles Bickford)
-Melhor atriz coadjuvante (Gladys Cooper e Anne Revere)
-Melhor diretor (Henry King)
-Melhor roteiro (George Seaton)

Globo de Ouro (1944)

Vencedor nas categorias:
-Melhor diretor
-Melhor filme dramático
-Melhor atriz em filme dramático (Jennifer Jones)

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

Antes desse filme, Jennifer era creditada como Phyllis Isley. A mudança foi promovida pelo produtor David O. Selznick, que depois se casaria com ela[1] A mudança ocorreu para que Jennifer aparecesse como uma "estreia" — por isso, ela aparece no final dos créditos após a frase And introducing… ("E apresentando…").

Referências

  1. EWALD FILHO, Rubens. Os Filmes de Hoje na TV. São Paulo: Global, 1975.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o