A Carne É Fraca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
A Carne É Fraca
 Brasil
2005 •  cor •  54 min 
Direção Denise Gonçalves
Roteiro Nina Rosa Jacob
Género documentário
Companhia(s) produtora(s) Instituto Nina Rosa
Idioma português

A Carne É Fraca é um documentário produzido pelo Instituto Nina Rosa sobre os impactos que o ato de comer carne representa para a saúde humana, para os animais e para o meio ambiente.[1]

É considerado por muitos vegetarianos um dos maiores documentários vegetarianos gravados 100% no Brasil, assim expondo a realidade da pecuária no Brasil e não apenas fora do Brasil, assim trazendo maior sensibilidade ao saber que existem horrores acontecendo ao lado da sua casa. [2]

O documentário além de conter entrevistados famosos, conta com a presença de pesquisadores e estudantes da USP (Universidade de São Paulo) uma universidade referencia no Brasil e reconhecida em todo mundo. [3]

Conta com a participação dos seguintes entrevistados, entre outros:




Referencias[editar | editar código-fonte]

  1. «A Carne é Fraca - Instituto Nina Rosa» 
  2. Dalmaso, Isabela (25 de agosto de 2020). «A carne é fraca: documentário brasileiro expõe a indústria da carne». "Portal Vegano". Consultado em 12 de abril de 2021 
  3. Chaves, Fabio (22 de setembro de 2008). «A CARNE É FRACA?». "Portal Vista-se". Consultado em 12 de abril de 2021 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre direitos animais é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.