A Dramatic Turn of Events

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Dramatic Turn of Events
Álbum de estúdio de Dream Theater
Lançamento 13 de setembro de 2011[1]
Gravação Estúdio Cove City Sound em Long Island (Nova Iorque) (Janeiro - Maio, 2011)
Gênero(s) Metal progressivo
Metal alternativo
Duração 77:05[2]
Gravadora(s) Roadrunner
Produção John Petrucci
Cronologia de Dream Theater
Black Clouds & Silver Linings
(2009)
Dream Theater
(2013)
Singles de A Dramatic Turn of Events
  1. "On the Backs of Angels"
    Lançamento: 29 de Junho de 2011

A Dramatic Turn of Events (em português: "Uma Dramática Mudança de Eventos") é o décimo primeiro álbum de estúdio da banda americana de metal progressivo Dream Theater, lançado dia 13 de setembro de 2011, pela gravadora Roadrunner. É o primeiro álbum da banda exibindo Mike Mangini na bateria após a saída do baterista fundador Mike Portnoy, em setembro de 2010.

História[editar | editar código-fonte]

Troca de baterista[editar | editar código-fonte]

Em 8 de setembro de 2008, Mike Portnoy anunciou publicamente que ele estava deixando o Dream Theater, citando como motivos: melhores relacionamentos em outros projetos, cansaço, e desejo de suspender temporariamente as atividades da banda.[3] Elaborando sobre a situação em entrevista ao MusicRadar, John Petrucci revelou que Portnoy, originalmente, não queria sair da banda, mas sim que a banda parasse durante um tempo. Apenas depois de todos os outros membros rejeitarem a ideia, ele decidiu sair.[4]

Petrucci considerou a saída de Portnoy uma das coisas mais difíceis pelas quais a banda teve que passar, e falando sobre quando ele leu as notícias na imprensa, Jordan Rudess disse:[4]

Pouco mais de um mês após a saída de Portnoy, a banda começou a fazer testes em Nova Iorque à procura de um novo baterista. Os bateristas convidados foram Mike Mangini, Derek Roddy, Thomas Lang, Virgil Donati, Marco Minnemann, Aquiles Priester e Peter Wildoer. Em abril de 2011, a banda anunciou Mangini como o baterista selecionado em um documentário de três partes publicado no YouTube, chamado The Spirit Carries On – o título, que é o nome de uma faixa do álbum Metropolis Pt. 2: Scenes from a Memory, significa "O Espírito Permanece", e foi uma das faixas executadas no teste dos bateristas.

Pouco tempo após Mangini se juntar à banda, Portnoy enviou um email à banda pedindo para voltar, mas seu pedido foi rejeitado. Refletindo sobre sua chegada, Mangini disse, em entrevista ao NoiseCreep:[5]

Produção[editar | editar código-fonte]

Em 3 de janeiro de 2011, o Dream Theater entrou no Cove City Sound Studios para começar a trabalhar no novo álbum. Embora John Petrucci tenha trazido gravações, riffs e canções que ele havia trabalhado sozinho em casa, a maior parte do álbum foi composta no estúdio. A composição terminou em 2 de março, ainda sem Mike Mangini. A banda fez gravações preliminares de todas as músicas usando uma caixa de ritmos, e as enviou para Mangini aprendê-las e adicionar seus arranjos. Refletindo sobre o processo, Jordan Rudess explicou que a abordagem da banda foi mais aberta a teclados que no passado, e que após a partida de Mike Portnoy, ele e Petrucci sentiram se "mais livres".[6] James LaBrie e John Myung contribuíram mais nas composições do que haviam feito nos álbuns anteriores.[7]

O álbum foi escrito, gravado, mixado e masterizado entre janeiro e junho de 2011 no Estúdio Cove City Sound em Long Island, Nova Iorque. Foi produzido por John Petrucci e mixado por Andy Wallace.

O título e as faixas foram anunciadas em 8 de junho de 2011. A mixagem e a masterização do álbum foram concluídas em uma terça-feira, dia 28 de junho de 2011.[8]

O novo single, "On the Backs of Angels", foi lançado através da conta no YouTube da Roadrunner Records dia 28 de junho de 2011.[9]

Capa[editar | editar código-fonte]

Foi observado que a capa do álbum — assinada por Hugh Syme, responsável por várias outras capas de álbuns da banda — foi produzida a partir de um clipart de US$ 15, e que este clipart já havia sido utilizado anteriormente na capa do álbum The 1st Chapter, de 2005, da banda norueguesa de metal progressivo Circus Maximus. A imagem do homem em um monociclo foi ligeiramente alterada, mas as semelhanças são perceptíveis.[10]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
allmusic 3 de 5 estrelas. [11]
The Metropolis Music 8.5 de 10 estrelas. [12]
Symbol unlikely.svg Esta tabela precisa de ser acompanhada por texto em prosa. Consulte o guia.

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Letra Duração
1. "On the Backs of Angels"   John Petrucci[13] 8:46
2. "Build Me Up, Break Me Down"   Petrucci[14] 6:59
3. "Lost Not Forgotten"   Petrucci[15] 10:11
4. "This Is The Life"   Petrucci[15] 6:57
5. "Bridges In The Sky"   Petrucci[16] 11:01
6. "Outcry"   Petrucci[15] 11:24
7. "Far From Heaven"   James LaBrie 3:56
8. "Breaking All Illusions"   John Myung, Petrucci[14] 12:25
9. "Beneath the Surface"   Petrucci[14] 5:26

Notas[editar | editar código-fonte]

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Dream Theater
Produção

Paradas[editar | editar código-fonte]

Parada (2011) Melhor
posição
Australian Albums Chart[18] 17
Canadian Albums Chart[19] 9
Dutch Albums Chart[20] 2
Finnish Albums Chart[21] 1
Hungarian Albums Chart[22] 6
Italian Albums Chart[23] 3
Polish Albums Chart[24] 7
Portuguese Albums Chart[25] 9
UK Albums Chart[26] 17
UK Rock Chart[26] 1
US Billboard 200[27] 8
Billboard Tastemaker Albums[28] 1

Referências

  1. DREAM THEATER ANUNCIA NOVO ÁLBUM/DATA DE LANÇAMENTO(em inglês). Publicado & Obtido em 07/06/11.
  2. ÁLBUM PADRÃO E PACOTE DELUXE DO DREAM THEATER DISPONÍVEL PARA PRÉ-VENDA AGORA!(em inglês). Roadrunner Records. 20 de julho de 2011. Retirado em 22 de julho de 2011.
  3. «Mike Portnoy deixa o Dream Theater» (em inglês). Facebook. 8 de setembro de 2010. Consultado em 3 de janeiro de 2018 
  4. a b «Interview: Dream Theater's John Petrucci, Jordan Rudess» (em inglês). MusicRadar. 11 de maio de 2011. Consultado em 3 de janeiro de 2018 
  5. «Dream Theater's Mike Mangini Looks Back on His First Year With the Band» (em inglês). NoiseCreep. 7 de dezembro de 2011. Consultado em 3 de janeiro de 2018 
  6. «RUDESS: New CD Was Written Without PORTNOY Being DREAM THEATER Police Telling Us 'Yes' Or 'No'» (em inglês). Blabbermouth. 24 de agosto de 2011. Consultado em 5 de janeiro de 2018 
  7. «Resurfacing - an interview with James LaBrie» (em inglês). Prog Sphere. 11 de julho de 2011. Consultado em 5 de janeiro de 2018 
  8. Tweet do John Petrucci(em inglês). (2011). Página visitada em 28/06/11.
  9. Novo Single do Dream Theater(em inglês). Disponível dia 29 de junho de 2011, às 13:00 (horário de Brasília).
  10. «Dream Theater used clip art for their new album cover» (em inglês). MetalSucks. 8 de agosto de 2011 
  11. Avaliação no allmusic
  12. Avaliação no The Metropolis Music
  13. Recap of Jordan Rudess's Vokle Chat(em inglês). The Ytse Times (01 de Julho de 2011). Página visitada em 11 de Julho de 2011.
  14. a b c Resurfacing - Uma Entrevista com James LaBrie(em inglês). Prog-Sphere (11 de Julho de 2011). Página visitada em 11 de Julho de 2011.
  15. a b c Fórum do Dream Theater, por "ReaPsTA"(em inglês). 22 de agosto de 2011. Obtido em 22 de agosto de 2011.
  16. a b Tweet do James LaBrie(em inglês). 20 de julho de 2011.
  17. Tweet do James LaBrie(em inglês).
  18. «NEW DREAM THEATER ALBUM LANDS 11 'TOP 10' DEBUTS WORLDWIDE». Gotham News. Consultado em 7 de junho de 2015 
  19. «CANOE – JAM! Music SoundScan Charts». Jam.canoe.ca. 22 de março de 2012. Consultado em 30 de março de 2012 
  20. «Dutchcharts.nl – Dream Theater discography» (em Dutch). Consultado em 18 de setembro de 2011 
  21. «Dream Theater: A Dramatic Turn Of Events» (em Finnish). Consultado em 22 de setembro de 2011 
  22. «MAHASZ – Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége». mahasz.hu. Consultado em 22 de setembro de 2011 
  23. «Notizie - Classifiche: Album» (em Italian) 
  24. «Oficjalna lista sprzedaży :: OLiS – Official Retail Sales Chart». OLiS (em Polish). Consultado em 23 de setembro de 2011 
  25. «Top Oficial AFP». Consultado em 27 de setembro de 2011 
  26. a b «The Official UK Charts Chart». OLiS. Consultado em 19 de setembro de 2011 
  27. «Dream Theater - Chart History». Billboard. Consultado em 31 de outubro de 2015 
  28. «Billboard Tastemaker Albums». Billboard. Consultado em 27 de setembro de 2011