A Era do Apocalipse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde maio de 2013).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.

Age of Apocalypse (A Era de Apocalipse) foi um evento de grande importância para a cronologia das bandas desenhadas/revistas em quadrinhos da editora Marvel, tendo influenciado principalmente títulos relacionados com os heróis mutantes, como os X-Men.[1]

A saga da Era de Apocalipse começa com o mutante Legião voltando no tempo para matar Magneto, o maior inimigo de seu pai (o Professor Xavier). Porém no momento em que iria realizar seu intento, o próprio Xavier interferiu, sendo ele a morrer. A morte do professor X provoca mudanças drásticas no futuro. Legião imediatamente deixa de existir, já que seu pai morreu antes que ele nascesse. Tocado pelo sacrifíco de Xavier, Magneto adota sua política de convivência pacífica entre humanos e mutantes.

O poderoso mutante Apocalipse, ciente da morte de Xavier, começa a sua guerra pela supremacia dos mais fortes dez anos antes do que havia começado na verdadeira linha do tempo da revista. Quando Magneto fundou os X-Men no lugar do professor Xavier, Apocalipse já havia estabelecido seu poder. Ele reinava sobre a América do Norte a partir da cidade de Nova York, renomeada como Ilha de Apocalipse e delegou a seus cavaleiros o governo sobre os demais territórios que não foram destruídos.

Enquanto isso, Magneto treina jovens mutantes que tem como seus pupilos para combater os cavaleiros de Apocalipse. São eles Colossus, Mercúrio, Homem de Gelo, Jean Grey, Tempestade, Feiticeira Escarlate, Vampira e Wolverine.

Na maioria das vezes os mutantes capturados pelos exércitos de Apocalipse são levados para as experiências do Fera Negro, que nessa realidade apocalíptica adotou a ciência sem escrúpulos para satisfazer o seu ego de cientista, criando para apocalipse modelos ideais e aperfeiçoados de mutantes, como Polaris e muitos outros.

Coube ao mutante Bishop voltar no tempo para impedir o surgimento da Era de Apocalipse, mas esse fato foi retardado por um surto temporário de amnésia que sofreu durante a troca de realidades. A volta de Bishop ao passado coincide com o combate nuclear entre o Supremo Conselho Humano (uma organização de resistência) e Apocalipse, que matou a maior parte dos personagens. Somente os considerados fortes eram mantidos vivos. Aqueles considerados por Apocalipse como os mais capazes formavam a sua Força de Elite Mutante.

Alguns personagens, após o fim da saga, conseguiram escapar para a realidade "oficial". São eles: o X-Man (Nate Grey, contraparte de Cable da Era de Apocalipse), o Fera Negro (contraparte de Fera), Sugar Man (Homem Doce), Blink e Holocausto. A vinda destes personagens para a linha de tempo oficial dos X-Men foi entrelaçada com antigos eventos das revistas. O X-Man chegou à Terra 616 no "presente" e foi um dos principais responsáveis pela derrota de Massacre. O Fera Negro viajou para vinte anos antes da viagem de Legião ao passado e influenciou os eventos do arco de história Massacre de Mutantes. Sugar Man forneceu ao governo de Genosha a tecnologia que eles usaram para escravizar mutantes. Blink se tornou líder de uma equipe formada por mutantes retirados de suas realidades alternativas originais, os Exilados. Já Holocausto se envolveu com o Clube do Inferno e com Massacre.

X-Eternos[editar | editar código-fonte]

Os X-Eternos foram um grupo criado exclusivamente para o universo de A Era do Apocalipse, no Universo Marvel.[2]

Liderados por Gambit e sua namorada Lila Cheney, e composto por Jubileu, Guido (Fortão), Mancha Solar, o grupo atuava clandestinamente roubando dos mutantes ricos e dando aos humanos oprimidos.

Sua participação se torna crítica para os eventos quando Magneto entra em contato com Gambit (que havia saído dos X-Man devido ao fato de ser apaixonado por Vampira, esposa de Magneto) e pede-lhe para roubar o Cristal Mikraan, nexo de todas as realidades que, após o assassinato de Charles Xavier, estava entrando em colapso e ameaçando todo o universo. Magneto pretendia usar o cristal para, com a ajuda de Illyana Rasputin, enviar Bishop de volta ao passado "normal" e corrigir a linha temporal.

Porém, durante esse encontro, o grupo é localizado por Rictor (chefe setorial dos Infinitos, a guarda civil de Apocalipse. Ativando os até então inativos poderes de Lila, Magneto envia os X-Eternos para a Galáxia Shiar, que encontra-se em guerra civil devido ao despótico comando de seu imperador Diken. Lá, eles confrontam-se com a guarda imperial, mas são salvos por Rapina e os Piratas Siderais.

Após inúmeras dificuldades, o grupo consegue um fragmento do Cristal e volta para a Terra. Porém, devido a traição de Guido, apenas Gambit e Lila sobrevivem e o Cristal vai parar nas mãos de Apocalipse. Somente com um ataque maciço dos X-men e de todos os aliados de Magneto os heróis conseguem reaver o Cristal e enviar Bishop de volta ao passado, corrigindo o nexo temporal.

Núcleo[editar | editar código-fonte]

Dirigido pelo infame Sugar Man, o Núcleo era o local responsável pelo fornecimento de energia de toda a região dominada por Apocalipse. Tratava-se de uma prisão no interior de uma montanha na região de Portland, onde humanos eram mantidos escravos em condições sub humanas e obrigados a obter matéria prima para a obtenção de energia geotérmica. A única ocasião em que o Núcleo foi invadido foi durante o resgate de Illyana Rasputin, promovido pela Geração Nova.

Geração Novɑ[editar | editar código-fonte]

A Geração Nova [3] (in: Generation Next) é o grupo surgido como contraparte da Geração X, na Era do Apocalipse, evento que alterou todo o Universo Marvel.

Treinados por Colossus e Lince Negra, após a saída destes dos X-Men, o grupo era formado por: Câmara (rajadas psiônicas), Escalpo (troca de pele omnimorfa), Mondo (transmutação em substâncias inorgânicas sólidas), Derme (controle absoluto da pele) e Vicente (transmutação em líquidos ou vapor) e o computador vivo praticamente onisciente "Sabe-Tudo".

O grupo, mesmo ainda não estando completamente preparado, é enviado em uma missão suicida até "o Núcleo", um enorme complexo geotérmico controlado pelo Sugar Man, onde humanos escravos obtinham energia para o reino de Apocalipse. Lá, eles deviam encontrar e resgatar Illyana Rasputin, irmã de Colossus e a única mutante viva, com o poder de viajar no tempo, que seria utilizado para Bishop voltar ao passado e impedir o assassinato de Charles Xavier, evitando assim a ascensão de Apocalipse.

Após inúmeras complicações, Illyana é resgatada por Lince Negra, Porém, para isso, Colossus sacrifica toda a equipe, deixando-a presa no núcleo.

Referências