Mamíferos - A Floresta Feliz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de A Floresta Feliz)
Mamíferos - A Floresta Feliz
Capa do DVD no país.
 Brasil
2000 •  cor •  45 min 
Direção Rodrigo Torres Costa
Leandro Daniel Cintra
Produção Carolina Vieira Santilli
Coprodução Patricia Vieira Santilli
Produção executiva Marco Botana
Roteiro Leandro Daniel Cintra
Rodrigo Torres Costa
Narração Gilberto Rocha
Elenco Gisela Arantes
Tom Carbajo
Gênero infantil
Música Marcelo Pellegrini
Cinematografia Ricardo Alcarpi
Direção de fotografia Roberto Maguela
Direção de arte Art & Cia
Companhia(s) produtora(s) Tom Arma Studio, Inc.
Distribuição MPO Multimídia
Lançamento 20 de junho de 2000[1]
Idioma português

Mamíferos - A Floresta Feliz é um filme de média-metragem brasileiro lançado em 20 de junho de 2000 pela empresa MPO Multimídia com duração de 45 minutos.[2] O episódio lançado em formato VHS é uma criação do fotógrafo norte-americano Tom Arma que trabalha com fotografia de bebês caracterizados.[3] Originalmente eles fizeram parte da divulgação da marca Parmalat nos Estados Unidos com isso a empresa MPO conseguiu a compra do licenciamento país.

No Brasil o produto foi lançado como jogo de CD-ROM denominado como Parque dos Mamíferos que posteriormente se transformou em filme.[4][5] O filme conta com a participação da integrante do programa Glub-Glub da TV Cultura, Gisela Arantes.[6]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Em uma floresta cheia de vida vivem seis animais. Um dia, a bruxa Poluydora (Gisela Arantes) resolve acabar com a floresta preparando uma poção que irá destruir tudo. No outro dia, Poluydora sobrevoa a floresta jogando a porção sob toda a fauna da mesma. Ao sairem de sua casa, os mamíferos encontram a floresta toda devastada. Desesperados, Natur (Tom Carbajo) entra na floresta e fornece-lhes ajuda. Para que o efeito seja desfeito, eles tem de arrajarem a planta lipídea, que terá de ser jogada no caldeirão da bruxa para que toda a floresta seja limpa. Após, todos os mamíferos e Natur vão ao castelo à noite enquanto a bruxa dorme e jogam no caldeirão a solução para que a floresta volte como era. Um dia após, Poluydora retorna a floresta e joga novamente porção atacando-a, mais percebe que algo aconteceu de errado. No fim toda a fauna é restabelecida retornando a ser como era.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Crianças[editar | editar código-fonte]

  • Guaira Lyra Bezerra ... Elefante
  • Lucas Hideani Yamazaki ... Zebra
  • Luiza de Freitas Relvas ... Ovelha
  • Rodolfo Valente ... Macaco
  • Rodrigo Russo ... Porco
  • Yago Gouvea Manoel ... Leão

Adultos[editar | editar código-fonte]

  • Gisela Arantes como bruxa Poluydora
  • Tom Carbajo como Natur

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Créditos disponíveis no vídeo.

Referências

  1. «Cineminha :: Filme :: Mamiferos-A Floresta Feliz (0000)». Cineminha. Consultado em 22 de julho de 2012. Arquivado do original em 30 de junho de 2013 
  2. «Ficha completa de material». Uniaraxá. Consultado em 22 de julho de 2012. Arquivado do original em 19 de abril de 2013 
  3. «Fotografía de bebés por Tom Arma» (em espanhol). Antidepresivo. Consultado em 22 de julho de 2012 
  4. «Os mamíferos vão invadir o seu PC». Dpnet. 7 de outubro de 1998. Consultado em 22 de julho de 2012. Arquivado do original em 31 de dezembro de 2012 
  5. Ana Paula Viana (23 de setembro de 1998). «Leve a floresta para dentro do seu micro». UOL. JC Online. Consultado em 22 de julho de 2012. Cópia arquivada em 31 de dezembro de 2012 
  6. «Mamíferos na sala de estar». A Notícia. 27 de novembro de 1998. Consultado em 22 de julho de 2012. Arquivado do original em 31 de dezembro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.