A Gazeta Esportiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Gazeta Esportiva.
A Gazeta Esportiva
A Gazeta Esportiva
Sede São Paulo, SP, BR
Fundação 10 de outubro de 1947
Término de publicação 2001

A Gazeta Esportiva foi um jornal esportivo, com sede em São Paulo, com circulação em todo o território do Brasil, até 2001.

O jornal distribuía diversos prêmios a clubes e jogadores do futebol brasileiro, como a Taça dos Invictos, e firmou-se como um dos mais tradicionais e influentes meios de informação da mídia esportiva brasileira durante o século XX.

Atualmente existe a versão on-line da Gazeta Esportiva, cujo site herdou todo o conteúdo do impresso e se tornou um dos mais acessados do Brasil.[1] Por ser órgão da Fundação Cásper Líbero, a redação do site ainda mantém convênio com a faculdade de comunicação de mesmo nome, de onde traz seus estagiários.

História[editar | editar código-fonte]

A Gazeta Esportiva nasceu em 23 de dezembro de 1928, como um semanário ligado ao jornal A Gazeta, por iniciativa do jornalista Cásper Líbero.[2] O sucesso da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1938 fez os responsáveis pelo jornal ter a ideia de uma edição diária, e o novo prédio já estava sendo projetado com isso em mente, assim como o novo maquinário.[3] O início da Segunda Guerra Mundial na Europa, entretanto, adiou os planos, por causa da escassez de papel.[3] Em 1943, houve novos planos para uma edição diária, porém a morte de Cásper Líbero, num acidente de avião, adiou-os novamente.[3]

A escassez de papel ainda mais aguda, em meados dos anos 1940, impediu que o plano da edição diária fosse executado mais uma vez, apesar de muitos leitores perguntarem quando A Gazeta Esportiva conseguiria fazê-lo.[3] Àquela altura, o jornal já saía duas vezes por semana, às segundas e aos sábados.[3] A edição diária finalmente foi concretizada em 10 de outubro de 1947, uma sexta-feira, com o jornal passando a ser publicado todos os dias, exceto aos domingos. Em editorial nessa primeira edição diária, a equipe do jornal fez uma carta a Cásper Líbero: "Garantimos-lhe, doutor Cásper, que faremos desta nova edição, por honra e orgulho do esporte brasileiro e em memória do nosso saudoso chefe, um dos maiores diários especializados do mundo."[3]

A expectativa inicial de uma tiragem entre quinze mil e vinte mil exemplares diários rapidamente foi superada, e em 1954, durante a Copa do Mundo, o jornal atingiu o recorde brasileiro de tiragem, com 257.560 exemplares.[4] A primeira edição dominical foi publicada em 16 de março de 1958; segundo o jornal, era um pedido de "milhares de leitores".[5] "Tomando a iniciativa da edição domingueira, não visa ao seu benefício, mas ao da intenção sincera de melhor servir aos esportes, ampliando o seu espaço vital para o acolhimento do noticiário volumoso com que se defronta a cada dia que passa, a ponto de, por vezes, sentir o 'medo de não dar conta do recado'", escreveu o jornal.[5] A edição esgotou-se em poucas horas, chegando perto do recorde de tiragem, com mais de 253 mil exemplares vendidos.[6]

Em 13 de novembro de 1998, foi inaugurado o site Gazeta Esportiva.net, que em 2001 assumiu todo o acervo do periódico após a extinção do jornal impresso.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Os 100 sites mais acessados do Brasil
  2. «Estamos em festas». São Paulo: Fundação Cásper Líbero. A Gazeta Esportiva (9 195): 1. 10 de outubro de 1955. Consultado em 9 de julho de 2020 
  3. a b c d e f «Bom dia…». São Paulo: Fundação Cásper Líbero. A Gazeta Esportiva (1 378): 2. 10 de outubro de 1947 
  4. «Cartas ao diretor». São Paulo: Fundação Cásper Líbero. A Gazeta Esportiva (9 196): 2. 11 de outubro de 1955. Consultado em 9 de julho de 2020 
  5. a b «Bom dia». São Paulo: Fundação Cásper Líbero. A Gazeta Esportiva (9 929): 2. 16 de março de 1958. Consultado em 9 de julho de 2020 
  6. «Sucesso absoluto!». São Paulo: Fundação Cásper Líbero. A Gazeta Esportiva (9 931): 1. 18 de março de 1958. Consultado em 9 de julho de 2020 
  7. 63 anos Arquivado em 26 de julho de 2012, no Wayback Machine. Gazeta Esportiva - acessado em 13 de novembro de 2010

Ligações externas[editar | editar código-fonte]