A Guerra dos Rocha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A Guerra dos Rocha
 Brasil
2008 •  cor •  77 min 
Direção Jorge Fernando
Roteiro Maria Carmem Barbosa
Elenco Ary Fontoura
Nicette Bruno
Diogo Vilela
Marcello Antony
Lúcio Mauro Filho
Giulia Gam
Taís Araújo
Cecília Dassi
Felipe Dylon
Gênero Comédia
Lançamento 10 de outubro de 2008[1]
Idioma Português
Página no IMDb (em inglês)

A Guerra dos Rocha é um filme do gênero comédia do ano de 2008, de direção de Jorge Fernando e com o ator Ary Fontoura como protagonista. É um remake do filme argentino Esperando la Carroza (1985).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Dina Rocha é uma engraçada e divertida velhinha que não tem para onde ir e que vive sendo rejeitada por seus três filhos: Marcos Vinicius, César e Marcelo. Ela vê seus filhos crescidos, bem-sucedidos e casados e, agora, para eles, ela é apenas um encosto. Mas o destino prepara uma cômica e hilária surpresa para essa família: de repente, os três filhos, preocupados com o sumiço da mãe, recebem uma notícia de que ela poderia ter sido atropelada por um caminhão. Entretanto, ela estava vivendo inúmeras aventuras ao lado de uma antiga amiga sua, a atrapalhada Nonô, afinal as duas estavam seqüestradas por dois bandidos que de maus não tinham nada. Porém, por trás desse pano de fundo cômico, existe uma lição de moral séria e dura.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/atriz Personagem
Ary Fontoura Ondina Rocha (Dina)
Nicette Bruno Dionorá Franca (Nonô)
Diogo Vilela Marcos Vinícius Rocha Palhares
Marcello Antony César Rocha Marques
Lúcio Mauro Filho Marcelo Rocha
Giulia Gam Júlia Rocha Palhares
Taís Araújo Carol Rocha Marques
Cecília Dassi Isabel Rocha (Bebel)
Felipe Dylon Felipe Fernandes (Bilinho)
Ângelo Paes Leme Curió
Zéu Britto Magrão
Aílton Graça Marcondes
Antônio Pedro Vicente
Ludmila Dayer Paola
Ângela Bismarchi Flávia
Jorge Fernando Cassiano
Catarina Abdalla Empregada de Marcos
Jaime Leibovitch Saul
Victor di Mello Delegado
Berta Loran Amiga de Dina
Lupe Gigliotti Amiga de Dina
Duse Nacaratti Amiga de Dina
Hilda Rebello Amiga de Dina
Tutuca Amigo de Marcos
Luciano Vianna Carteiro
Marcelo Barros Repórter
Paulo Gustavo Empregado do IML

Recepção[editar | editar código-fonte]

Robledo Milani em sua crítica para o Papo de Cinema escreveu: "Há filmes ruins. Há aqueles péssimos. E há A Guerra dos Rocha. É preciso criar um novo ‘grau de ruindade’ para poder avaliar corretamente o terceiro longa dirigido por Jorge Fernando. Depois do mediano Sexo, Amor e Traição e do infantil Xuxa Gêmeas ele entrega agora uma obra amadora, indigna do elenco ou dos talentos envolvidos por trás das câmeras. É uma vergonha total, do início ao fim."[2]


Referências

  1. «ESTRÉIA: Ary Fontoura vive matriarca em "A Guerra dos Rocha"». UOL Cinema. 9 de outubro de 2008. Consultado em 29 de abril de 2015. 
  2. Robledo Milani (16 de julho de 2012). «A Guerra dos Rocha». www.papodecinema.com.br. Consultado em 25 de outubro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.