A Máfia no Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
A Máfia no Brasil
Informação geral
Formato Minissérie
Gênero
Criador(es) Leopoldo Serran
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Roberto Frias
Maurício Frias
Produtor(es) Paulo Afonso Grisolli
Elenco Abrahão Farc
Alba Valéria
André Filho
Anilza Leoni
Antonio Pompêo
e grande elenco.
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Transmissão original 10 de setembro de 1984 - 21 de setembro de 1984
N.º de episódios 10

A Máfia no Brasil é uma minissérie brasileira produzida pela Rede Globo e exibida em dez capítulos em setembro de 1984 no horário das 22h15. Escrita por Leopoldo Serran, com a colaboração de Ricardo Linhares, Mario Prata, Tairone Feitosa e Marília Garcia, baseada no livro homônimo de Edson Magalhães, e dirigida por Roberto Farias.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Anita: Mulher de Lucien, que teve um caso com Vander.
  • Claiton: Porteiro de Lucien, que sonha em entrar para a máfia e realiza diversos trabalhos para Lucien.(Possui tendências comunistas)
  • Gabriel: Rival de Lucien, comanda um clã rival da mafia italiana, os Mazzaro.
  • Heloísa: Filha de Vander com Anita, porém acha que é filha de Lucien, assim como ele.
  • Luciene: Um dos principais chefes da máfia no Brasil.
  • Márcia: Irmã de Odete
  • Odete: Cursante de Direito, que tenta acabar com Lucien quando seu pai (Gonçalves) morre.
  • Paulo: Motorista de Médici, que assume o clã Matarazzo e unifica as duas máfias da minissérie. (aparece apenas após o capitúlo 6)
  • Senhor Gonçalves: Dono de uma quitanda, que vive no meio da batalha das máfias, e paga imposto tanto para Lucien quanto para Gabriel.
  • Vander: Assassino de aluguel e traidor de Lucien que se apaixona por Odete.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

  1. She - Charles Aznavour
  2. La Decadanse - Serge Gainsbourg
  3. Et Si Tu N'Existe Pas - Joe Dassin
  4. Aline - Paul Mauriat
  5. Sous de Ciel de Paris - Juliette Greco
  6. Samba Caboclo (Samba Solstice) - Márcio Montarroyos (tema de abertura)
  7. Ne Me Quitte Pas - Jacques Brel
  8. Sex Shop - Serge Gainsbourg
  9. La Belle Histoire D'Amour - Bibi Ferreira
  10. What Are you Doing With the Rest of Your Life - Toots Thielemans
  11. Duas Faces do Mesmo Amor - Marcos Resende (tema de Adauto e Ilka)
  12. Les Feuilles Mortes - Juliette Greco
  13. Les Enfants de la Guerre - Charles Aznavour

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde dezembro de 2009).
  • Exibida entre 10 de setembro e 21 de setembro de 1984 em 10 capítulos.
  • A minissérie teve cerca de três terços de suas cenas gravados em externas, o que foi possível graças à utilização de unidade móvel. A Máfia no Brasil teve cenas em São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Uruguai e Bolívia.
  • Seus atores recebiam cachês de acordo com a aceitação de seus personagens e suas atuações, Paulo Vilhaça, por exemplo, como fazia o papel de um vilão que no final da minissérie sacrifica sua vida para salvar Odete (Alba Valéria), e fez uma excelente atuação, quase duplicou seu cachê nos capítulos finais, ao contrário, por exemplo, de Tony Ramos, que devido a pouca aceitação do público ao seu personagem, teve seu cachê quase anulado quando estava próximo do último capítulo.
  • Foi reprisada em oito capítulos em fevereiro de 1988, no mesmo horário.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]