A Man Called Horse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
A Man Called Horse
O Homem a Quem Chamaram Cavalo[1][2] (PRT)
Um Homem Chamado Cavalo[3] (BRA)
 Estados Unidos
1970 •  cor •  114 min 
Direção Elliot Silverstein
Produção Frank Brill
Sandy Howard
Roteiro Jack DeWitt
Dorothy M. Johnson
Elenco Richard Harris
Judith Anderson
Género drama
Música Leonard Rosenman
Lloyd One Star
Cinematografia Robert Hauser
Gabriel Torres
Distribuição National General Pictures
Idioma inglês, sioux

A Man Called Horse é um filme estadunidense de 1970, do gênero western, dirigido por Elliot Silverstein. O roteiro é baseado no conto A Man Called Horse, de 1968, do livro Indian Country de Dorothy M. Johnson (posteriormente relançado como A Man Called Horse[4]).

O filme teria duas sequências, ambas estreladas por Richard Harris: The Return of a Man Called Horse, em 1976, e Triumphs of a Man Called Horse, em 1983.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

John Morgan, um aristocrata inglês de modos refinados, faz parte de uma expedição em Dacota em 1821, quando é capturado pela tribo dos "Mãos Amarelas", índios da nação Sioux. É inicialmente escravizado e tratado como um animal de carga pelos guerreiros. Depois é colocado para trabalhar com as mulheres da tribo, em seus afazeres domésticos. Com o tempo ele aprende a respeitar a cultura nativa, ao mesmo tempo que seus captores o aceitam como um dos seus. Na tribo há outro homem branco cativo, Batise, que só pensa em escapar. Morgan chega a matar dois índios das tribos rivais (e os escalpela) e com isso consegue receber o almejado status de "guerreiro", passando a ser chamado de "Horse" pelos outros. Deseja casar-se com uma índia, mas para isso deve passar por todo o doloroso ritual imposto pelas tradições da tribo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Richard Harris ... John Morgan
  • Judith Anderson ... Buffalo Cow Head
  • Jean Gascon ... Batise
  • Manu Tupou ... Mão Amarela
  • Corinna Tsopei ... Running Deer
  • Dub Taylor ... Joe
  • James Gammon ... Ed
  • William Jordan ... Bent
  • Eddie Little Sky ... Black Eagle
  • Michael Baseleon ... Longfoot
  • Lina Marín ... Thorn Rose
  • Tamara Garina ... Elk Woman
  • Terry Leonard ... Striking Bear
  • Iron Eyes Cody ... Feiticeiro
  • Tom Tyon ... Feiticeiro
  • Figurantes da tribo Rosebud Sioux de Dakota do Sul


Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. O Homem a Quem Chamaram Cavalo no DVDPT (Portugal)
  2. O Homem a Quem Chamaram Cavalo no sítio Worten (Portugal)
  3. Um Homem Chamado Cavalo no CinePlayers (Brasil)
  4. «Man Called Horse (Originally: Indian Country)». GoodReaders.com. Consultado em 23 de abril de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme de faroeste é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.