A Menina do Mar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Menina do Mar
Autor (es) Sophia de Mello Breyner Andressen
Idioma português
País  Portugal
Género Literatura infantil
Ilustrador Sarah Afonso
Editora Ática
Formato capa mole
Lançamento 1958
Páginas 33

A Menina do Mar é um dos livros para crianças mais conhecidos de Sophia de Mello Breyner Andressen. Fernando Lopes-Graça compôs uma obra musical a partir deste conto.

Faz parte do Plano Nacional de Leitura português, recomendado para o estudo no 4º ano de escolaridade.

Filipe La Féria dirigiu um espectáculo baseado nesta obra.

É a história de amizade entre um rapaz e uma Menina. Ela vive no mar, e é bailarina da "Grande Raia", uma rainha dos mares, que sobre ela mantém vigilância, não a deixando realizar o seu sonho de conhecer a terra firme, onde mora o rapaz. Além disso, a menina não consegue sobreviver longe da água, pois, fica desidratada, ainda que consiga respirar dentro e fora de água. O rapaz, com que estabelece amizade, tem o desejo de conhecer o fundo do mar. A história desenrola-se com a tentativa dos dois em realizar os seus sonhos.

Resumo da história[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Era uma vez um menino que ia sempre à praia. Um dia, o menino ouviu uns barulhos de trás de uma rocha e curioso foi ver o que era e viu uma linda menina com o cabelo da cor das algas e olhos da cor do mar. Logo de seguida perguntou-lhe se queria ajuda a menina não recusou e disse que sim. desde aí ficaram amigos a menina do mar vivia no fundo do mar com o caranguejo que sabia cozinhar, com um peixe que só sabia brincar e com um camarão que gostava de fazer roupas para a menina do mar. Mas depois havia a raia que era má, fria e cruel.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]