A Mexicana (2001)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja mexicana (desambiguação).
A Mexicana
The Mexican
Cartaz de lançamento do filme
 Estados Unidos
2001 •  cor •  123 min 
Direção Gore Verbinski
Produção Lawrence Bender
John Baldecchi
Coprodução William S. Beasley
Paul Hellerman
Produção executiva Willian Tyrer
Chris J. Ball
Aaron Ryder
J. H. Wyman
Roteiro J. H. Wyman
Elenco Brad Pitt
Julia Roberts
James Gandolfini
J. K. Simmons
David Krumholtz
Bob Balaban
Género ação, comédia romântica
Música Alan Silvestri
Direção de fotografia Dariusz Wolski
Direção de arte Michael Atwell
Figurino Colleen Atwood
Edição Craig Wood
Companhia(s) produtora(s) Newmarket Films
Distribuição DreamWorks SKG
Lançamento Estados Unidos 2 de março de 2001
Brasil 20 de abril de 2001[1]
Idioma inglês
espanhol
Orçamento US$ 57 milhões
Receita US$ 147.845.033[2]
Página no IMDb (em inglês)

A Mexicana[3][4] (do original em inglês: The Mexican) é um filme estadunidense de 2001 dirigido por Gore Verbinski e estrelado Brad Pitt e Julia Roberts.

O filme arrecadou cerca de sessenta e seis milhões de dólares só nos Estados Unidos, tornando-se um sucesso de bilheteria,[5] enquanto que em outros países, A Mexicana acumulou mais oitenta e um milhões, totalizando uma receita bruta mundial de mais de cento e quarenta e sete milhões (contra um orçamento de cinquenta e sete milhões de dólares).[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Jerry Welbach (Brad Pitt) recebeu dois ultimatos. Seu chefe quer que ele viaje para o México a fim de buscar uma pistola antiga caríssima chamada "A Mexicana" ou ele sofrerá as consequências. O outro ultimato vem de sua namorada Samantha (Julia Roberts), que quer que ele acabe com os negócios junto com esse chefe. Jerry percebe que estar vivo, mesmo que seja brigado com a namorada, é a melhor saída. Achar a pistola é fácil, mas voltar com ela para casa já é outra história. Supõe-se que a pistola carrega uma maldição e Jerry, com todos os problemas de sair do México, sua (ex) namorada raptada, começa a acreditar.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Pré-produção[editar | editar código-fonte]

O roteiro do filme originalmente trazia a intenção de ser uma produção independente sem a participação de grandes estrelas do cinema mas Brad Pitt e Julia Roberts, que já vinham a algum tempo procurando um projeto para trabalharem juntos, descobriram sobre o filme e decidiram participar dele. Roberts também sugeriu James Gandolfini para compor o elenco;[6][7] Gandolfini posteriormente considerou sua atuação no filme como uma das melhores já feitas por ele em sua carreira.[8]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

A Mexicana teve como locação principal o pequeno vilarejo de Real de Catorce, em San Luis Potosí, México, além de várias áreas na Grande Las Vegas e Los Angeles. Também foi utilizado o Aeroporto Internacional Adolfo Lopez Mateos em Toluca, no estado do México.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme estreou no primeiro lugar nas bilheterias da América do Norte, faturando US$ 20.108.829 em seu fim de semana de estreia; embora tenha diminuído 39% nos ganhos da semana seguinte, isso não foi o suficiente para tirar o filme do topo das bilheterias por mais uma semana. Por fim, o filme faturou US$ 147,8 milhões em todo o mundo, tornando-se um sucesso comercial.[2]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

O filme possui uma classificação de 56% de aprovação no agregador de críticas Rotten Tomatoes; o consenso crítico do site afirma que "A Mexicana faz uma boa tentativa de originalidade, tendo sua longa duração de mais de duas horas bem justificada. Contudo, aqueles que desejavam ver Roberts e Pitt atuando juntos podem acabar decepcionados, pois ao longo de quase todo o filme o casal atua em cenas separadas".[9]

Referências

  1. «"A Mexicana", com Brad Pitt e Julia Roberts, estréia dia 20 e ganha CD». Folha Ilustrada. 10 de abril de 2001. Consultado em 13 de fevereiro de 2018 
  2. a b c «The Mexican (2001)». Box Office Mojo. Consultado em 19 de agosto de 2013 
  3. A Mexicana (em português) no AdoroCinema
  4. A Mexicana (em português) no CineCartaz (Portugal)
  5. «The Mexican (2001) - Box office / business» 
  6. Louis B. Hobson, Ryder on the storm. "Stargazing", Ottawa Sun Showcase, March 18, 2001, p. 3.
  7. Cindy Pearlman, Why the fuss, Gandolfini wonders. Ottawa Citizen, February 28, 2001, p. F9.
  8. Tshepo Mokoena, James Gandolfini: five best moments. The Guardian, November 14, 2014. Retrieved 2016-07-09.
  9. «The Mexican». Rotten Tomatoes. Consultado em 19 de agosto de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.