A Night to Remember (filme de 1958)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de A Night to Remember (1958))
Ir para: navegação, pesquisa
A Night to Remember
A Tragédia do Titanic (PT)
Somente Deus por Testemunha (BR)
 Estados Unidos
1958 •  Preto e Branco •  118 min 
Direção Roy Ward Baker
Produção Roy Ward Baker
Roteiro Eric Ambler
Elenco Kenneth More
Ronald Allen
Robert Ayres
Anthony Bushell
John Cairney
James Dyrenforth
Michael Goodliffe
Kenneth Griffith
Honor Blackman
Jill Dixon
Jane Downs
Harriette Johns
Género Romance
Drama
Música William Alwyn
Edição Conrad Buff IV
James Cameron
Richard A. Harris
Companhia(s) produtora(s) 20th Century Fox
Paramount Pictures
Lightstorm Entertainment
Distribuição Paramount Pictures
20th Century Fox
Lançamento 19 de Dezembro de 1997
6 de Abril de 2012 - 3D
Idioma Inglês
Orçamento £500.000[1]

A Night to Remember (Somente Deus por Testemunha (título no Brasil) ou A Night to Remember (título em Portugal))[2][3] é um filme dramático britânico de 1958, adaptação do livro de 1955 de Walter Lord, que reconta a noite final do RMS Titanic. Adaptado por Eric Ambler e dirigido por Roy Ward Baker, o filme é estrelado por Kenneth More e conta ainda com Ronald Allen, Robert Ayres, Honor Blackman, Michael Goodliffe e Laurence Naismith. Foi filmado no Reino Unido. A equipe de produção, supervisionada pelo produtor William MacQuitty, usou desenhos da planta do navio para criar ambientes com precisão, enquanto o Quarto Oficial Joseph Boxhall e o ex-Comodoro da Cunard Line, Harry Grattidge trabalharam como assessores técnicos no filme.

A Estreia Mundial do filme foi na quinta-feira, 3 de julho de 1958 no Odeon Leicester Square. A sobrevivente do Titanic, Elizabeth Dowdell, compareceu à estreia americana em Nova Iorque na terça-feita, 16 de dezembro de 1958.[4] O filme recebeu aclamação da crítica após seu lançamento.

Entre os muitos filmes sobre o Titanic, A Night to Remember tem sido considerado como o ponto alto por historiadores e sobreviventes do Titanic por sua precisão histórica,[5] apesar de sua produção modesta[6] quando comparado com o vencedor do Oscar de melhor filme Titanic (1997).[5][7]

Referências

  1. British Cinema of the 1950s: The Decline of Deference by Sue Harper, Vincent Porter Oxford University Press, 2003 p 54
  2. «Cineplayers, site brasileiro». Cineplayers.com 
  3. «Cinema Sapo, sítio português». Cinema.sapo.pt 
  4. «Miss Elizabeth Dowdell». encyclopedia titanica. Consultado em 25 de março de 2012 
  5. a b Janice Hocker Rushing and Thomas S. Frentz, "Singing over the bones: James Cameron's Titanic", Critical Studies in Media Communication (ICMC), Volume 17, Issue 1 (1 de março de 2000), pp. 1–27.
  6. Celeste Cumming Mt. Lebanon, "Early Titanic Film A Movie to Remember", Pittsburgh Post-Gazette (11 de setembro de 1998), p. 39.
  7. P. Parisi, Titanic and the making of James Cameron (New York: Newmarket Press, 1998), p. 127.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.