A Nightmare on Elm Street 2: Freddy's Revenge

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Nightmare on Elm Street 2: Freddy's Revenge
Pesadelo em Elm Street 2 (PT)
Hora do Pesadelo 2: A Vingança de Freddy (BR)
Nightmare2.jpg
 Estados Unidos
1985 •  cor •  87 min 
Direção Jack Sholder
Roteiro Wes Craven
David Chaskin
Elenco Robert Englund
Mark Patton
Kim Myers
Robert Rusler
Género terror
Lançamento Brasil 23 de Julho de 1987
Estados Unidos 13 de Junho de 1985
Idioma inglês
Cronologia
Último
A Nightmare on Elm Street
A Nightmare on Elm Street 3: Dream Warriors
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

A Nightmare on Elm Street 2: Freddy's Revenge (A Hora do Pesadelo 2: A Vingança de Freddy (título no Brasil) ou Pesadelo em Elm Street 2 (título em Portugal)) é o segundo filme da série A Nightmare on Elm Street. Chegou aos cinemas em 1985.

O filme rendeu US$ 29,9 milhões, uma receita consideravelmente maior que a do antecessor A Hora do Pesadelo. Apresenta um Freddy Krueger mais sombrio e menos cômico, característica observada também no primeiro A Hora do Pesadelo e nos filmes O Novo Pesadelo de Wes Craven e no remake A Hora do Pesadelo (2010)

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Cinco anos se passaram desde que Freddy Krueger foi enviado de volta ao inferno. Mas agora um garoto novo na Rua Elm é quem tem sido assombrado todas as noites por horríveis visões. E se sua alma perturbada finalmente conseguir possuir o corpo do garoto, Freddy retornará dos mortos para dar continuidade aos sangrentos assassinatos e descarregar sua ira e violência sobre toda a cidade.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Robert Englund .... Freddy Krueger
  • Mark Patton .... Jesse Walsh
  • Kim Myers .... Lisa Webber
  • Robert Rusler .... Ron Grady
  • Clu Gulager.... Ken Walsh
  • Hope Lange .... Cheryl Walsh
  • Marshall Bell .... Coach Schneider
  • Melinda O. Fee .... Mrs. Webber
  • Tom McFadden .... Mr. Webber
  • Sydney Walsh.... Kerry
  • Christie Clark .... Angela Walsh

Produção[editar | editar código-fonte]

Wes Craven o criador da franquia A Hora do Pesadelo recusou-se a trabalhar neste filme, porque ele nunca quis que a franquia continuasse (ele até queria que o primeiro filme tivesse um final feliz). Craven disse também que ele não gosta da idéia de Freddy manipular o protagonista a cometer os assassinatos.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme estreou em apenas 614 cinemas, fazendo 3,3 milhões em seu fim de semana de abertura. Internamente, o filme fez 30 milhões, tornando-se outro enorme sucesso com um orçamento de apenas US 3 milhões. Fez 29.999.213 dólares nas bilheterias domésticas, um pouco mais do que o primeiro filme.

Crítica[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu críticas mistas dos críticos. Grande parte das críticas negativas de A Nightmare on Elm Street 2: Freddy's Revenge, dos críticos de cinema e fãs, visava o fato de que o filme, embora continuando a história de seu antecessor, leva em uma direção completamente diferente. Ao invés de apenas perseguir os adolescentes e matá-los em seus sonhos, Freddy iria cometer atos aleatórios de violência (o que ele fez apenas brevemente no primeiro filme) no mundo real.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.