A Notícia (Rio de Janeiro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2011). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Notícia foi um jornal vespertino fundado no Rio de Janeiro em 1894 por Manuel Jorge de Oliveira Rocha, o Rochinha, no qual colaboravam Medeiros e Albuquerque, Valentim Magalhães e Figueiredo Coimbra.

Em 1924 passa à propriedade de Cândido de Campos. Em 1930 o jornal é empastelado e seu acervo queimado. Campos exila-se em Paris, só reabrindo o jornal anos depois. Em 1950, A Noticia é comprado por Adhemar de Barros e Chagas Freitas e se torna propriedade do mesmo grupo do jornal O Dia.

Nas décadas de 1980 e 1990 foi posicionado no segmento popular, concorrendo com o jornal O Povo, exibindo fotos explícitas de cadáveres e corpos mutilados, com descrições detalhadas de crimes violentos, e de mulheres nuas. Circulou até 1997, quando a Editora O Dia interrompeu sua produção.

Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.