A Sentinela do Serro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Sentinela do Serro é um jornal criado pelo político liberal mineiro Teófilo Benedito Ottoni no contexto da crise política que levaria a abdicação de D. Pedro I. O jornal circulou entre 1830 e 1832.

Em sua Circular aos Eleitores Mineiros, Teófilo Ottoni descreve o projeto político do jornal no contexto da Regência, transcrevendo vários artigos de sua autoria que foram publicados na Sentinela - cujos poucos exemplares restantes estão hoje desaparecidos. Na referida Circular, assim escreve Ottoni: "A Sentinela do Serro era o periódico a que durante a viagem do Imperador pela província de Minas o Repúblico bradava daqui: "Olá da Sentinela do Serro, alerta!" Alerta estava a Sentinela!".

Referências[editar | editar código-fonte]

OTTONI, Teófilo Benedito. Circular dedicada aos eleitores de senadores pela província de Minas Gerais. Rio de Janeiro: Tipografia do Correio Mercantil, 1860.