A Star Is Born (2018)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Filme
Este artigo ou seção contém informações sobre um filme cujo lançamento ainda não ocorreu, podendo sofrer alterações substanciais assim que informações se tornarem disponíveis. Por favor, evite fazer especulações sobre o artigo, lembrando-se sempre de citar as suas fontes de publicação junto com as informações.
A Star Is Born
Assim Nasce Uma Estrela (PT)
Nasce Uma Estrela (BR)
 Estados Unidos
2018 •  cor •  
Direção Bradley Cooper
Produção Bradley Cooper
Clint Eastwood
Bill Gerber
Lynette Howell Taylor
Jon Peters
Todd Phillips
Roteiro Will Fetters
Bradley Cooper
Eric Roth
Baseado em A Star Is Born de William A. Wellman
Elenco Bradley Cooper
Lady Gaga
Andrew Dice Clay
Dave Chappelle
Sam Elliott
Música Komail Shayan
Cinematografia Matthew Libatique
Edição Jay Cassidy
Companhia(s) produtora(s) Live Nation Productions
Metro-Goldwyn Mayer Pictures
Peters Entertainment
Gerber Pictures
Joint Effort
Distribuição Warner Bros. Pictures
Lançamento Estados Unidos 5 de outubro de 2018
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

A Star Is Born é um filme estadunidense de gênero musical e romance, dirigido por Bradley Cooper e escrito por Will Fetters, Cooper e Eric Roth. A obra será estrelada por Lady Gaga, Bradley Cooper, Sam Elliott, Andrew Dice Clay e Dave Chappelle. O seu lançamento está previsto para 5 de outubro de 2018, através da Warner Bros. Pictures.

O filme é a terceira refilmagem da versão original de 1937 – estrelada por Janet Gaynor e Fredric March –, além de uma adaptação do musical de 1954 estrelado por Judy Garland e James Mason e uma sequência ao musical de rock de 1976 estrelado por Barbra Streisand e Kris Kristofferson.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Bradley Cooper interpreta Jackson Maine
  • Lady Gaga interpreta Ally
  • Sam Elliott interpreta obby, empresário de Jackson e Ally
  • Andrew Dice Clay interpreta Lorenzo, pai de Ally
  • Dave Chappelle interpreta Noodles, melhor amigo de Jackson
  • Rebecca Field
  • Michael Harney interpreta Wolfe, motorista de limousine de Jackson
  • Rafi Gavron interpreta Rez, produtor musical
  • Lukas Nelson & Promise of the Real interpreta a banda de Jackson
  • Shangela Laquifa Wadley
  • Willam Belli interpreta Esmerald
  • Anthony Ramos interpreta Ramon
  • Halsey interpreta a si mesma

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

No prelúdio de concepção do projeto, a Warner Bros. cogitou a participação da cantora norte-americana Beyoncé para estrelar o papel principal. Devido à gravidez da cantora e a diversos entraves, a produtora adiou o início das gravações do filme.[1][2] Neste momento, foi originado um novo processo criativo para a refilmagem do musical.

Contudo, em dezembro de 2015, Bradley Cooper, que já havia sido escolhido como produtor e protagonista do filme, negou que Beyoncé tivesse sido selecionada definitivamente para protagonizar o longa-metragem, afirmando que o envolvimento da cantora no filme era apenas um rumor.[3] Em maio de 2016, a revista norte-americana Deadline Hollywood publicou um artigo com a informação de que Bradley queria, na verdade, Lady Gaga estrelando o filme, que começaria a ser produzido em fevereiro de 2017. Na época do convite, Gaga estava indecisa sobre a aceitação do papel. Em janeiro de 2017, a cantora venceu o Globo de Ouro de Melhor Atriz na série American Horror Story: Hotel, o que chamou a atenção da produção do filme e ponderação sobre a participação no filme.

A revista Deadline Hollywood publicou que Lady Gaga era essencialmente quem Bradley Cooper buscava para protagonizar o filme..[4][5] Por fim, em agosto de 2016, o mesmo portal confirmou que a Warner Bros. havia autorizado a produção do filme, que começou em 2017, na Califórnia. O filme é a primeira participação imponente de Lady Gaga no meio cinematográfico.[6] Greg Silverman, presidente e responsável pelo desenvolvimento criativo da produtora, assinou diversos contratos para que Lady Gaga compusesse e cantasse as novas canções para A Star Is Born.[6][7]

Produção[editar | editar código-fonte]

Lady Gaga foi escolhida excepcionalmente por Bradley Cooper para protagonizar o filme, devido a sua proficiência no campo musical.

Pré-produção[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2011, foi anunciado que o diretor Clint Eastwood estava interessado numa refilmagem com a participação de Beyoncé. Devido à gravidez, não foi possível dar continuidade ao projeto.[8] Em entrevista ao portal Collider, em abril de 2012, o roteirista Will Fetters disse que a história era imensamente inspirada na vida de Kurt Cobain.[9]

Escolha do elenco[editar | editar código-fonte]

Antes de definir Bradley como protagonista do filme, houve diálogos com Leonardo DiCaprio, Will Smith, Christian Bale e Tom Cruise, mas não houve acepção por parte dos atores. Em 9 de outubro de 2012, Beyoncé deixou o projeto e Johnny Depp recusou a participação do filme, mantendo a posição de Bradley Cooper como possível protagonista.[10] Eastwood pensou em Esperanza Spalding para protagonizar o papel feminino. No entanto, em 16 de agosto de 2016, foi noticiado que Lady Gaga seria oficialmente a protagonista feminina da refilmagem.[11][12][13] Em 9 de novembro de 2016, surgiu a notícia de que Ray Liotta interpretaria o empresário de Lady Gaga no filme, mas o papel foi entregue ao ator Sam Elliott.[14] Em 17 de março de 2017, Andrew Dice Clay entrou em negociação com a produtora para interpretar o pai de Lady Gaga no filme. Em abril de 2017, Rafi Gavron, Michael Harney e Rebecca Field entraram para o elenco do filme.[15] Em abril de 2018, a cantora Halsey e o comediante Dave Chappelle foi anunciado os novos integrantes do elenco.[16][17]

Após a apresentação no festival Desert Trip, na Califórnia, Cooper aproximou-se de Lukas Nelson, filho do guitarrista Willie Nelson. Durante o contato, Bradley pediu a Lukas que o ajudasse a trabalhar no filme. Nelson aceitou o convite e escreveu diversas canções que foram posteriormente enviadas aos produtores.[18] Ulteriormente, Luke conheceu Lady Gaga e escreveram diversas canções juntos. Lady Gaga, por sua vez, forneceu vocais de apoio em duas canções para o álbum de Luke Nelson.[19]

Música[editar | editar código-fonte]

Elton John foi um colaboradores da música da obra.

Durante uma entrevista concedida à revista Entertainment Weekly, Steve Morrow, técnico de som de A Star Is Born, comentou sobre a produção do filme e um dos planos inovadores de Lady Gaga. De acordo com o técnico, Lady Gaga exigiu que todas as cenas do musical fossem ao vivo e as cenas fossem gravadas: "Você senta e pensa: Lady Gaga quer todos os vocais ao vivo. Ela quer apresentar-se ao vivo cada vez que você vê-la cantando. Ela estará ao vivo. Lady Gaga disse: eu quero que toda a música do filme seja ao vivo também, pois não quero sentir como se estivesse fazendo playback, porque isso não é certo para mim. Eu quero cantar ao vivo, quero que a banda esteja ao vivo."[20]

Além da transfiguração referente à trilha sonora, Steve afirmou que grande parte das canções da obra foram escritas por Lady Gaga. Em 2017, numa entrevista para a rádio Beats 1, o cantor Elton John revelou que ajudou Gaga no processo criativo da música do filme. Após o lançamento do trailer do filme, o DJ White Shadow, antigo colaborador de Lady Gaga, revelou que co-escreveu um terço das canções do filme ao lado de Lady Gaga.[21]

Distribuição[editar | editar código-fonte]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Inicialmente marcado para 18 de maio e 28 de setembro de 2018,[22][23] a première de A Star Is Born está prevista para 5 de outubro de 2018 nos Estados Unidos através da Warner Bros. Pictures.[24]

Marketing[editar | editar código-fonte]

O primeiro trailer do filme foi exibido no Festival de Cinema de Tribeca. Após a exibição, o excerto foi amplamente aclamado. O ator Robert De Niro participou de uma conversa no fesrtival e afirmou: "É fantástico, e Bradley está excelente no filme. Espero que receba a atenção que tem que receber quando for lançado. [...] Gaga é uma revelação. Eu confiei nela."[25] O ator e diretor de cinema Sean Penn, durante entrevista concedida à AP Entertaniment, afirmou: "É um dos melhores filmes que já vi em muitos anos, e não é algo que tipicamente faço, sair e ver um filme que é sobre uma história de amor, mas fiquei tão animado quando assisti, porque a atuação dos dois é brilhante, os dois são impressionantes no filme."[26] Acerca do CinemaCon, o jornal The New York Times classificou a exibição do filme como um dos momentos de maior euforia do evento.[27]

Por conseguinte, o primeiro trailer foi divulgado oficialmente em 6 de junho de 2018.[28] A revista Forbes destacou, após o lançamento do filme, que: "Dirigido por Bradley Cooper, o filme ganhará forças após o verão norte-americano em festivais e pré-premiações. [...] A Star Is Born é a esperança da Warner no Oscar."[29]

Referências

  1. Sandy Schaefer (29 de agosto de 2011). «Beyoncé's Pregnancy May Delay Clint Eastwood's 'A Star Is Born'». ScreenRant 
  2. Nikki Finke (28 de agosto de 2011). «Beyoncé Pregnancy Affects 'A Star Is Born'». Deadline.com 
  3. Malkin, Marc (14 de dezembro de 2015). «Bradley Cooper denies Beyoncé's collaboration on A Star Is Bron remake». E! Online. Consultado em 6 de junho de 2018. 
  4. «Lady Gaga está em negociações para estrelar remake de "A Star Is Born" com Bradley Cooper» 
  5. «Lady Gaga ganha o Globo de Ouro de melhor atriz em minissérie» 
  6. a b «'A Star Is Born' Gets Warner Bros Green Light; Bradley Cooper Directs, Stars With Lady Gaga» 
  7. «'A Star Is Born', filme estrelado por Lady Gaga começa a ser produzido no ano que vem» 
  8. Magrath, Andrea (21 de janeiro de 2011). «A Star Is Born ... again: Clint Eastwood in talks to direct Beyonce in yet another remake of Hollywood classic». Daily Mail. London. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2011 
  9. Chitwood, Adam (1 de abril de 2012). «Screenwriter Will Fetters Talks Clint Eastwood's A STAR IS BORN; Says Script Was Inspired by Kurt Cobain». Collider.com. Consultado em 5 de abril de 2015. 
  10. Kroll, Justin (9 de outubro de 2012). «Beyonce exits Eastwood's 'A Star Is Born' (Exclusive)». Variety. Consultado em 5 de abril de 2015. 
  11. Bart, Peter; Fleming Jr, Mike (2 de maio de 2016). «Bart & Fleming: Bradley Cooper & Lady Gaga Road Test 'A Star Is Born' Team-Up». Deadline. Consultado em 18 de junho de 2016. 
  12. Fleming Jr, Mike (16 de junho de 2016). «Lady Gaga Looking Like A Strong Match With Bradley Cooper In 'A Star Is Born'». Deadline. Consultado em 18 de junho de 2016. 
  13. Kroll, Justin (16 de junho de 2016). «Lady Gaga Joins Bradley Cooper's 'A Star Is Born' Remake». Variety. Consultado em 17 de agosto de 2016. 
  14. Galuppo, Mia (9 de novembro de 2016). «Ray Liotta in Talks to Join Lady Gaga in 'A Star Is Born' Remake». The Hollywood Reporter. Consultado em 11 de novembro de 2016. 
  15. Busch, Anita (17 de março de 2017). «Sam Elliott Joins Bradley Cooper & Lady Gaga In 'A Star Is Born'». Deadline (em inglês). Consultado em 19 de abril de 2017. 
  16. Hipes, Patrick (5 de maio de 2017). «Dave Chappelle Joins 'A Star Is Born' Redo». Consultado em 31 de dezembro de 2017. 
  17. Fleming Jr, Mike (26 de abril de 2018). «Sony Pictures Makes Deal With Halsey For Movie Inspired By Singer's Life». Deadline.com. Consultado em 26 de abril de 2018. 
  18. Finn, Timothy (2 de fevereiro de 2018). «He's worked with Neil Young, Gaga and his dad, Willie Nelson. Now he's coming to KC». The Kansas City Star (em inglês). Consultado em 5 de abril de 2018. 
  19. Stephens, Samantha (18 de setembro de 2017). «How Lady Gaga Brought Lukas Nelson and Promise of the Real's "Find Yourself" to Life». CMT (em inglês). Consultado em 5 de abril de 2018. 
  20. Joey Nolfi (19 de fevereiro de 2017). «How Lady Gaga's A Star Is Born could earn Oscar recognition». Entertainment Weekly. Consultado em 6 de junho de 2018. 
  21. «DJWS on Instagram». 6 de junho de 2018. Consultado em 6 de junho de 2018. 
  22. D'Alessandro, Anthony (10 de novembro de 2016). «Bradley Cooper-Lady Gaga Movie 'A Star Is Born' Gets 2018 Release Date». Deadline. Consultado em 11 de novembro de 2016. 
  23. Kroll, Justin. «Bradley Cooper-Lady Gaga's 'Star is Born' Moves to May 2018». Variety. Consultado em 22 de setembro de 2017. 
  24. Lawrence, Derek (20 de dezembro de 2017). «Lady Gaga's A Star Is Born shifts release date back to fall 2018». Entertainment Weekly. Consultado em 31 de dezembro de 2017. 
  25. Zack Sharf (21 de abril de 2018). «Robert De Niro Praises Bradley Cooper's A Star Is Born, but the First-Time Director Owes His Success to Lady Gaga». Indiewire. Consultado em 6 de junho de 2018. 
  26. WTFPod (26 de março de 2018). «Episode 091 - Sean Penn and Lynn Shelton». WTFPod. Consultado em 6 de junho de 2018. 
  27. Amanda Faia (25 de abril de 2018). «Jornalistas rasgam elogios à Lady Gaga após exibição para convidados do trailer de A Star Is Born». Popline. Consultado em 6 de junho de 2018. 
  28. Bruce Fretts (6 de junho de 2018). «Yes, That Really Is Lady Gaga in the Trailer for A Star Is Born». The New York Times. Consultado em 6 de junho de 2018. 
  29. Scott Mendelson (6 de junho de 2018). «Trailer: Lady Gaga And Bradley Cooper's 'A Star Is Born' Is Warner's Oscar Hopeful». Forbes. Consultado em 6 de junho de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]