A Vida Fluminense

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
A Vida Fluminense
Sede Rio de Janeiro
País Brasil
Fundação 1868
Idioma português
Data de encerramento 1875 (146 anos)
oclc 20010715

A Vida Fluminense foi uma revista ilustrada brasileira publicada na cidade do Rio de Janeiro entre os anos de 1868 e 1875. A publicação tinha uma peridiocidade semanal.

História[editar | editar código-fonte]

Angelo Agostini, editor da A Vida Fluminense
Cândido Aragonez de Faria, editor de A Vida Fluminense

A primeira edição foi lançada em 4 de janeiro de 1868[1], a revista sucedeu a publicação O Arlequim (1867-1868)[2].[3] O primeiro diretor artístico e ilustrador foi o italiano da província de Piemonte Angelo Agostini[1][4],sucedido na direção da revista pelo jornalista, caricaturista, ilustrador e professor brasileiro Cândido Aragonez de Faria [1]. Trabalharam também como jornalistas Antonio Pedro Marques de Almeida (?-1886) e Augusto de Castro (1833-1871), completavam o quadro como ilustradores V. Mola e Luigi Borgomainerio (1836-1876).[5]

Em 30 de janeiro de 1869 a revista publicou a primeira história em quadrinhos do Brasil, com título As aventuras Nho Quim ou as impressões de uma viagem à corte.[6]

O principal tema coberto pela A Vida Fluminense foi a Guerra do Paraguai[1]. Após 417 exemplares publicados, o último número circulou em 1875.[5]

Referências

Bibliografía[editar | editar código-fonte]

Ilustrações publicadas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre A Vida Fluminense