A Noviça e o Faraó

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de A noviça e o faraó)
Ir para: navegação, pesquisa
A Noviça e o Faraó
Autor(es) Hermínio Miranda
Assunto Reencarnação, Egito,
Género Romance, E
Editora Lachâtre
Formato 16cm x 23cm
Lançamento 2007 (1a edição)
Páginas 352
ISBN 978-85-65518-52-9

A noviça e o faraó: A extraordinária história de Omm Sety é um livro sobre Dorothy Louise Eady, popularmente conhecida como Omm Sety, escrita por Hermínio Correa de Miranda em 2007.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Bentreshit era uma jovem sacerdotisa do templo de Osíris e Seti I era um dos mais bem sucedidos faraós. O amor entre eles, no entanto, era proibido pelas leis do antigo Egito e a punição foi uma separação forçada que durou 3.000 anos.[1]

Capítulos[editar | editar código-fonte]

  • Introdução
  • Aiksa, a pequena flor da campina
  • A menina que morreu... mas não morreu
  • A múmia
  • Senhora Imam Abdel Meguid
  • Iniciação para egiptóloga
  • Novamente a serviço do templo
  • Interlúdio para Osíris
  • Akhen-Aton versus Ramsés II
  • Omm Sety teria encontrado uma antiga filha?
  • Conversações com Sua Majestade
  • Amor em duas dimensões
  • Esfinge a decifrar
  • Entrevista comigo mesmo
  • Leitura complementar
    • O conselho
    • Materializações
    • Ozymandias
    • Incubus e succubus
  • Bibliografia

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]