A verdade descoberta pelo tempo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A verdade descoberta pelo tempo
Autor Gian Lorenzo Bernini
Data 1646–52 (1646–52)
Género Escultura
Técnica Mármore
Altura 280 cm 
Localização Galleria Borghese, Roma

A verdade descoberta pelo tempo é uma escultura de mármore produzida pelo artista italiano Gian Lorenzo Bernini entre 1646 e 1652. Bernini desejava representar a verdade de uma maneira alegórica, como uma mulher nua sendo despida por uma figura acima dela que representaria o tempo. A figura do tempo nunca foi produzida, embora o artista tivesse a intenção de concluí-la até 1665.[1]

Uma das motivações de Bernini para este trabalho, segundo seu filho, Domenico, foi responder aos ataques de opositores que criticavam sua falha na construção de duas torres em frente a Basílica de São Pedro. Na obra, projetada por Bernini, apareceram rachaduras devido à incapacidade das bases em apoiar a expansão das torres. O artista teria sido culpado por esse erro, embora historiadores não tenham certeza quanto à veracidade dessa informação.[2]

Bernini começou a projetar a verdade descoberta pelo tempo em 1645, durante o período crítico após a morte de seu principal protetor e benfeitor, papa Urbano VIII. A alegoria da verdade foi concluída em 1652 e, após tentar vendê-la ao Cardeal Mazarino, Bernini deixou-a em testamento ao seu primogênito. A obra permaneceu na família até 1924, quando foi comprada pelo governo italiano e transferida para seu local atual, na sala VIII da Galleria Borghese.[2] Embora sua base estivesse inclinada durante o tempo em que permaneceu com a família Bernini, agora encontra-se sobre uma placa plana, depois de uma restauração recente, deixando-a mais vertical, como foi originalmente exibida.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre A verdade descoberta pelo tempo

Referências

  1. Wittkower, Rudolf (1997). Gian Lorenzo Bernini: the sculptor of the Roman Baroque 4 ed. Londres: Phaidon Press 
  2. a b Mormando, Franco (2011). Bernini: His Life and His Rome. Chicago: University of Chicago Press. ISBN 9780226538525 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Baldinucci, Filippo (1966). The life of Bernini. Traduzido por Catherine Enggass. University Park: Pennsylvania State University Press 
  • Baldinucci, Filippo (1682). Vita del cavaliere Gio. Lorenzo Bernino. Firenze: Stamperia di V. Vangelisti  Cópia no Google Livros.
  • Bernini, Domenico (1713). Vita del Cavalier Gio. Lorenzo Bernino. Roma: [s.n.]  Cópia no Google Livros.
  • Bernini, Domenico (2011). Franco Mormando, ed. The Life of Giano Lorenzo Bernini. University Park: Penn State University Press. ISBN 9780271037486 
  • Hibbard, Howard (1990). Bernini. Londres: Penguin. ISBN 9780140135985 
  • Pinton, Daniel (2009). Bernini. I Percorsi Nell'arte. Ediz. Inglese. [S.l.]: ATS Italia Editrice