Abdullah Ahmad Badawi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Abdullah Ahmad Badawi
Nascimento 26 de novembro de 1939
Brayan Lepas
Cidadania Malásia
Progenitores
  • Ahmad Badawi Abdullah
Cônjuge Endon Mahmood
Filho(s) Nori Abdullah Badawi
Alma mater
  • University of Malaya
Ocupação diplomata, político
Prêmios
  • King Faisal International Prize in Service to Islam (2011)
  • honorary doctor of the Moscow State Institute of International Relations
  • Grand Commander of the Order of the Defender of the Realm (2009)
Religião Islão

Tun Abdullah bin Haji Ahmad Badawi (Bayan Lepas, 26 novembro de 1939) é um político da Malásia, que serviu como primeiro-ministro de 2003 a 2009. Ele também foi o presidente da Organização Nacional dos Malaios Unidos (UMNO), o maior partido político do país e liderou a coalizão parlamentar governante Barisan Nasional. Ele é informalmente conhecido como Pak Lah (Pak significa "tio" enquanto Lah vem de seu nome, "Abdullah").

Depois de Anwar Ibrahim deixar o cargo devido a servir na prisão, Mahathir bin Mohamad nomeou Abdullah como vice-primeiro-minsitro. Abdullah passou a o ocupar o cargo de primeiro-ministro em 2003.

Nas eleições gerais de 2004, Abdullah obteve uma vitória significativa. Nas eleições gerais de 2008, a Barisan Nasional ganhou uma pequena maioria de lugares, mas perdeu a maioria de dois terços. Ele deixou o cargo em favor de seu sucessor, Najib Razak, durante a Assembleia Geral da UMNO realizada em 1º de abril de 2009. Em 3 de abril de 2009, ele foi sucedido por Najib Tun Razak como primeiro-ministro.[1] Abdullah foi então conferido o título de "Tun" por sua Majestade Mizan Zainal Abidin por seu serviço à nação.[2]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Abdullah Ahmad Badawi
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.