Abecedarianos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os abecedarianos foram uma seita cristã alemã do século XVI que defendia o analfabetismo.[1] O ponto principal de sua doutrina era o fato de que todo o conhecimento humano, inclusive o alfabeto (cujas primeiras letras deram nome ao grupo: abc) é desnecessário e supérfluo. Para os abecedarianos, somente o conhecimento das Escrituras é útil ao homem, assim mesmo quando realizado através de comunicação direta com o Espírito Santo, nunca pela leitura.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. SILVA, António de Morais. Dicionário da Língua Portugueza. Editora-Empreza Litteraria Fluminense, Rio de Janeiro, 1889.