Abedi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o futebolista de Gana, veja Abedi Pelé.
Abedi
Informações pessoais
Nome completo Robson Vicente Gonçalves
Data de nasc. 14 de abril de 1979 (40 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Altura 1,66 m
Apelido Abedi
Informações profissionais
Clube atual aposentado
Posição volante ou meio-campista
Clubes de juventude
Campo Grande
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1997
1998–1999
1999
2000
2001
2001
2001
2002
2003
2004
2004
2005
2005–2007
2007
2008
2008
2009
2009
2009
2010
2011
2011
2012
2012
2013
2014
2015
2016-2017
1997–2017
Campo Grande
Sion
Basel
Yverdon-Sports
Mogi-Mirim
Coritiba
Cruzeiro
Santa Cruz
Avaí
Friburguense
América-RN
Friburguense
Vasco da Gama
Hapoel Tel Aviv
Botafogo(emp.)
Juventude(emp.)
Madureira
Friburguense
Duque de Caxias(emp.)
Bahia
Madureira
Duque de Caxias
Goianésia
Caxias
Cabofriense
Friburguense
America-RJ
Angra dos Reis-RJ
Total

0007 0000(0)
0025 0000(3)









0074 000(14)
0009 0000(0)
0015 0000(1)

0010 0000(0)


0029 0000(5)
0010 0000(0)
0019 0000(0)
0011 0000(0)
0000 0000(0)
0001 0000(0)
0009 0000(0)
0017 0000(0)
0027 0000(1)
0305 000(27)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 7 de janeiro de 2017.

Robson Vicente Gonçalves, mais conhecido como Abedi (Rio de Janeiro, 14 de abril de 1979), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como volante ou meio-campista.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Abedi começou no Campo Grande/RJ em 1997. Jogou na Suíça e em vários estados do Brasil. Chegou ao Vasco da Gama para disputar o Brasileirão 2005, após se destacar no Campeonato Carioca atuando pelo Friburguense. No time cruzmaltino, Abedi era utilizado como "jogador curinga", pois podia atuar em várias posições no meio-campo, sendo, inclusive, a primeira opção do banco de reservas.

Transferiu-se para o Hapoel Tel-Aviv em meados de 2007 para cuidar de seu filho que sofre de paralisia, em Israel. Mas acabou, em 2008, voltando ao Brasil, acertando com o Botafogo. Em sua volta, Abedi não teve muito sucesso, e acabou sendo negociado ao Juventude em julho e esteve no Hapoel Tel-Aviv de Israel. Na temporada 2009, esteve no Madureira e no Duque de Caxias.[1]

Em 2011, ele se transferiu para o Duque de Caxias. Em 2013 foi campeão do Campeonato Carioca - Série B com a Cabofriense e no ano seguinte retornou ao Friburguense para disputar o Carioca 2014.

Aposentadoria[editar | editar código-fonte]

No ano de 2017 retirou-se oficialmente dos gramados.

Apelido[editar | editar código-fonte]

Seu apelido foi criado em função da semelhança física com Abedi Pelé, ex-astro da Seleção Ganesa.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Botafogo
Cabofriense
América

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.