Abertura inglesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
abcdefgh
8
Chessboard480.svg
a8 preto torre
b8 preto cavalo
c8 preto bispo
d8 preto rainha
e8 preto rei
f8 preto bispo
g8 preto cavalo
h8 preto torre
a7 preto peão
b7 preto peão
c7 preto peão
d7 preto peão
e7 preto peão
f7 preto peão
g7 preto peão
h7 preto peão
c4 branco peão
a2 branco peão
b2 branco peão
d2 branco peão
e2 branco peão
f2 branco peão
g2 branco peão
h2 branco peão
a1 branco torre
b1 branco cavalo
c1 branco bispo
d1 branco rainha
e1 branco rei
f1 branco bispo
g1 branco cavalo
h1 branco torre
8
77
66
55
44
33
22
11
abcdefgh
Abertura Inglesa

A Abertura Inglesa é uma abertura de xadrez caracterizada pelo lance inicial:

1. c4

O lance 1.c4 é conhecido como Abertura Inglesa, devido ter sido adotado múltiplas vezes pelo enxadrista Inglês Howard Staunton (1810–1874) em seu match realizado em 1843, contra o francês Pierre Saint-Amant (1800–1872), que era à época, o melhor enxadrista francês.[1]

É uma abertura lateral, a quarta mais popular e de acordo com vários bancos de dados, situa-se entre a segunda e quarta opção entre os lances mais bem sucedido dentre os 20 lances iniciais disponíveis às brancas.

É caracterizada por formações de peões fluidas e lutas vigorosas pelo controle central.

As brancas iniciam a luta pelo centro reivindicando a casa d5 à partir da ala da Dama, no estilo hipermoderno. Embora muitas linhas da Inglesa tenham um caráter distinto, a abertura é frequentemente utilizada como um dispositivo de transposição a outras aberturas, assim como 1.Nf3 – para evitar respostas altamente conhecidas e respeitadas para 1.d4 como as defesas Nimzoíndia e Grünfeld — e é considerada segura e flexível.

Frequentemente, as brancas seguem seu lance inicial na ala da Dama com um fianqueto do Bispo do Rei e uma tentativa de estabelecer um controle sobre as casas claras. As pretas podem se opor a isso tomando o lado branco de uma Defesa Siciliana com as cores invertidas ou tentando transpor para uma das várias aberturas de Peão da Dama.[2]

As duas principais linhas de defesa se baseiam em

1. ... e5 caso as pretas pretendam jogar contra uma Defesa Siciliana em cores invertidas (mas com um tempo a menos)

ou

1. ... Cf6 (ou outros), que costuma transpor para aberturas de peão da dama.

É bastante comum a prática do fianqueto, onde pode ser transposta para o Ataque Índio do Rei.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. Eade, James (2010). Chess Openings for DUMMIES. Hoboken, NJ: Wiley Publishing, Inc. p. 285 
  2. De Firmian, Nick. Modern Chess Openings - MCO-14. New York: David McKay Company, Inc. p. 661