Abhijit Banerjee

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Abhijit Banerjee Medalha Nobel
Nascimento 21 de fevereiro de 1961 (61 anos)
Bombaim
Cidadania Estados Unidos
Cônjuge Esther Duflo
Alma mater
Ocupação economista, professor(a) universitário(a)
Prêmios
Empregador Instituto de Tecnologia de Massachusetts, Universidade de Princeton, Universidade Harvard
Página oficial
http://economics.mit.edu/faculty/banerjee/

Abhijit Vinayak Banerjee (em bengali: অভিজিৎ বিনায়ক বন্দ্যোপাধ্যায়; Bombaim, Índia, 21 de fevereiro de 1961 é um economista indiano-estadunidense.

Em 14 de outubro de 2019 foi distinguido com o Prêmio Nobel de Ciências Econômicas, pela "abordagem experimental para aliviar a pobreza global", juntamente com Esther Duflo e Michael Kremer.[1]

Livros[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Nobel da Economia para Abhijit Banerjee, Esther Duflo e Michael Kremer». Notícias ao Minuto. 14 de outubro de 2019. Consultado em 14 de outubro de 2019 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Mark Blaug (Ed.): Who’s who in economics. 4. Edição. Elgar, Cheltenham et al. 2003, ISBN 1-84064-992-5, p. 48–49.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Abhijit Banerjee

Precedido por
William Nordhaus e Paul Romer
Prêmio de Ciências Econômicas em Memória de Alfred Nobel
2019
com Esther Duflo e Michael Kremer
Sucedido por
Paul Milgrom e Robert B. Wilson