Aboim da Nóbrega

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Aboim da Nóbrega  
—  Freguesia portuguesa extinta  —
Aboim da Nóbrega está localizado em: Portugal Continental
Aboim da Nóbrega
Localização de Aboim da Nóbrega em Portugal Continental
Coordenadas 41° 44' 44" N 8° 23' 43" O
Concelho primitivo Vila Verde
Concelho (s) atual (is) Vila Verde
Freguesia (s) atual (is) Aboim da Nóbrega e Gondomar
Extinção 28 de janeiro de 2013
Área
 - Total 11,73 km²
População (2011)
 - Total 987
    • Densidade 84,1 hab./km²
Orago Santa Maria

Aboim da Nóbrega foi uma freguesia portuguesa do concelho de Vila Verde, com 11,73 km² de área e 987 habitantes (2011)[1]. Densidade: 84,1 h/km². Até 1853 foi sede de município.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Aboim da Nóbrega [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
1 081 1 121 1 016 1 081 1 106 1 219 1 406 1 613 1 513 1 500 1 332 1 383 1 306 1 155 987

História[editar | editar código-fonte]

Foi cabeça do couto de Aboim da Nóbrega até ao início do século XIX. Este era constituído pelas freguesias da sede e de Ermida. Tinha, em 1801, 935 habitantes.

Após a extinção dos coutos passou a sede de concelho, era constituído pelas freguesias de Aboim da Nóbrega, Azias, Barros, Codeceda, Covas, Entre Ambos-os-Rios e Lugares de Frauxe, Ermida, Grovelas, Penascais e Valões. Tinha, em 1849, 4 126 habitantes.

Foi sede do antigo concelho de Aboim da Nóbrega, extinto por decreto de 31 de Dezembro de 1853, passando a fazer parte do concelho de Pico de Regalados, extinto igualmente por decreto de 24 de Outubro de 1855, sendo incorporado no actual concelho e comarca de Vila Verde.[3]

Foi uma freguesia extinta (agregada) em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, para, em conjunto com Gondomar, formar uma nova freguesia denominada Freguesia de Aboim da Nóbrega e Gondomar.

Aqui nasceu o celebre fidalgo João Soares Vives, que era capitão-mor das naus da Índia, e que, desgostoso com alguns fidalgos portugueses, partiu para Castela, e a quem mais tarde Filipe IV deu o título espanhol de Conde de Nóbrega.

Património[editar | editar código-fonte]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Lugares[editar | editar código-fonte]

Acima do Eido, Bacelo, Bemposta, Barges, Boivivo, Cabo, Casais de Vide, Casaleixo, Costa, Coutinho, Igreja, Fonte, Fonte de Muilhe, Gandarela, Lomba, Martinha, Monte, Nogueira, Outeiro, Paço-Juz, Paio Calvo, Pena, Pequenina, Picão, Ponte, Póvoa Dura, Quentão, Real, Rendufe, Rosadas, Serdeiras, São Simão, Sá, Souto, Terreiro, Tojal, Tomadinha, Torre, Vale e Varges.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Norte". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 7 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de Dezembro de 2013 
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  3. Portal de Aboim da Nóbrega, [1], Aboim da Nóbrega, 27 de Abril de 2015
  • Dicionário Universal Ilustrado, Ed. João Romano Torres & Cª.1911.